Por Guilherme Coimbra e Pedro Melo

Ouça o compacto do jogo do título na narração de Marcelo Ortiz:

Atlético conquistou o título brasileiro de 2001 no Anacleto Campanella (Reprodução/Atlético)

Dia 23 de dezembro de 2001 ficará marcado para sempre na memória do torcedor atleticano. Há 15 anos, o Furacão vencia o São Caetano por 1 a 0, no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, e conquistava o Brasileirão. Com a vantagem adquirida na ida, quando derrotou o Azulão por 4 a 2, na Baixada, o Rubro-Negro contou com o gol do artilheiro Alex Mineiro para ampliar a vantagem e garantir o título nacional.

Apesar da vantagem adquirida pelo Atlético em casa, o jogo foi nervoso. O primeiro tempo foi de total domínio do São Caetano, que buscava pressionar e assustar, mas era anulado pela boa marcação rubro-negra, formada pela trinca defensiva: Rogério Corrêa, Gustavo e Nem. O Azulão tentava correr atrás do prejuízo, mas acabou neutralizado pela forte defesa atleticana.

Com um segundo tempo um pouco mais aberto, aos poucos o Atlético começou a buscar espaços no contra-ataque. O Furacão aproveitava a boa atuação da defesa para tentar assustar em velocidade. Aos 21 minutos, a jogada rápida deu resultado. Fabiano avançou pela esquerda, bateu cruzado, Silvio Luiz deu rebote e o artilheiro Alex Mineiro apareceu para empurrar para o fundo das redes e marcar o gol do título rubro-negro.

Com isso, o Atlético se sagrou campeão brasileiro de 2001, título inédito e que marcou a memória de todo o torcedor rubro-negro.