Guerrón pode ficar fora das partidas que restam para o Atlético no Campeonato Brasileiro. Expulso na partida contra o Flamengo, o jogador foi advertido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), entretanto a procuradoria do órgão acredita que a pena foi muito amena e o equatoriano será novamente julgado. O julgamento em segunda instância será realizado na próxima terça-feira (22), na sessão itinerária que acontece na Universidade Positivo, em Curitiba.

A jogada de expulsão começou no segundo tempo de jogo contra o Flamento, quando o Atlético vencia o jogo por 2 a 0. Guerrón fez falta dura em Willians e, como já tinha cartão amarelo, terminou expulso. Após receber o vermelho, o atacante ainda caiu em campo para ganhar tempo. O fato foi relatado pelo árbitro na súmula de jogo.

Em sessão da Terceira Comissão Disciplinar, no último dia 28, Guerrón foi advertido por praticar jogada violenta (art. 254) e absolvido no artigo 258 – assumir qualquer conduta contrária à disciplinar ou à ética esportiva.

A Procuradoria do STJD, porém, pede que Guerrón seja suspenso por pelo menos duas partidas (pelo art. 254) e mais um jogo de ganho pelo artigo 258 do Cófigo Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Como já cumpriu um jogo suspenso, Guerrón não voltaria a jogar o campeonato caso condenado.