Ouça o áudio

Por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, em Curitiba, o Atlético trouxe grande vantagem para a partida de volta contra o Cruzeiro, na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré. Com um atleta a mais em quase todo o duelo, o Furacão venceu a Raposa por 2 a 1, com direito a grande atuação da dupla de gringos Guerrón (artilheiro da Copa do Brasil, com sete gols) e Martin Liguera.

VipComm
Furacão garante vaga nas quartas da Copa do Brasil

Classificado para as quartas de final da competição com duas vitórias sobre o Cruzeiro, o Atlético já sabe quem será seu próximo adversário: o Palmeiras, que hoje eliminou o Paraná Clube.

Atlético sai na frente, mas pênalti de Patrick deixa tudo igual no placar

O Atlético começou bem na partida, firme na defesa e explorando os contra-ataques. O Cruzeiro, que precisava da vitória, se lançou ao ataque, mas sempre esbarrando na boa marcação do Furacão. Até que, aos 26 minutos, Liguera deu um passe perfeito para Guerrón, que na cara de Fábio, bateu para o fundo das redes: 1 a 0 Atlético.

O gol sofrido desequilibrou a equipe mineira, e aos 35 minutos, Roger recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. Mas, aos 38, Patrick derrubou Wellington Paulista dentro da área, o árbitro marcou a penalidade máxima, bem cobrada pelo próprio camisa 9 da Raposa: 1 a 1. Nos últimos minutos do primeiro tempo, o Cruzeiro foi pra cima do Rubro-Negro, mas o duelo, nervoso, foi para o intervalo com igualdade no placar.

Em grande noite, Guerrón e Liguera garantem classificação rubro-negra

Com um a mais em campo, o Furacão ia controlando o empate e a classificação, mas aos 14 minutos, Guerrón arrancou pela esquerda e tocou com categoria para Liguera, que bateu no canto de Fábio: 2 a 1 Atlético. O time mineiro, nervoso em campo, cometia inúmeras faltas, porém mesmo assim, a equipe rubro-negra manteve a tranquilidade até o apito final, selando a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.