Divulgação
Guerrón comemora titularidade na partida contra o Palmeiras

Criticado por boa parte da torcida atleticana por nunca ter mantido uma regularidade com a camisa rubro-negra, o atacante Guerrón está de volta ao time titular do Furacão para a partida desta quarta-feira, contra o Palmeiras, a partir das 21h50, na Arena da Baixada. Recuperado de uma lesão muscular, o jogador comemorou essa nova oportunidade na equipe e pediu que a torcida apoie o grupo durante o jogo desta noite.

“Estou feliz, porque é mais uma oportunidade para mim. O Lopes falou comigo e disse que gosta que eu jogue da maneira que me sinto bem. Quero ajudar a equipe a tirar o Atlético dessa situação. O Atlético não merece estar nessa situação. Temos que entrar ligados e espero que a torcida nos apoie muito. Ano passado, o Atlético estava nessa mesma situação e conseguimos reverter, terminando o campeonato em 5º. Com certeza vamos fazer um bom jogo e ganhar”, afirmou o equatoriano, segunda contratação mais cara da história do futebol paranaense (só perde para Santiago García).

Para o atleta, a falta de uma dupla fixa ali na frente faz com que o Furacão tenha um dos piores ataques do Campeonato Brasileiro, com apenas 20 gols em 21 jogos. O próprio Guerrón ainda não balançou as redes na competição, mas acredita que, diante do Palmeiras, o mais importante é vencer, independente de quem venha a marcar os gols do Atlético. “Não conseguimos formar um ataque definitivo nesse ano, muitas peças foram modificadas. Mas agora não temos que pensar nisso e precisamos focar apenas em fazer gols, independente do jogador que fizer o gol. O importante é vencer o Palmeiras”, completou.

Além de Guerrón, Antônio Lopes promove outras cinco mudanças na equipe rubro-negra e manda a campo a seguinte formação: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Marcelo Oliveira, Cléber Santana e Marcinho; Guerrón e Adaílton.