Ouça o áudio

O empate parecia resultado certo. Com um jogador a mais em campo desde os 23 do segundo tempo, o Atlético fez da insistência pressão e, com um gol salvador de Cleber Santana, venceu o Cruzeiro aos 44 do segundo tempo. O resultado pode tirar o Furacão da zona de rebaixamento pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, já que o time depende de resultados negativos de Atlético-MG e Santos, que jogam no complemento da 17ª rodada. (Ouça os gols do Furacão na narração de Jaques Santos)

Equilibrada, a partida começou com boas chances de gol para os dois times. O Rubro-negro saiu na velocidade, enquanto a Raposa fez dos contra golpes sua marca principal na Arena. No alto de seus 1,70m, Marcinho contou com uma falha da defesa para subir mais que a defesa mineira e abrir o placar na Arena a 30 minutos de jogo. A resposta veio quatro minutos depois, no cruzamento perfeito de Roger para Wellington Paulista, que mandou de cabeça para igualar os números.

Quando aos 23 Anselmo Ramon recebeu o segundo amarelo e terminou expulso de campo, a história do jogo mudou. Renato Gaúcho colocou Adaílton, Wagner Diniz e Fransérgio em campo e o que se viu foi um Furacão obstinado a vencer. Na pressão, Cleber Santana chamou a responsabilidade e bateu firme para marcar um gol redentor já no apagar das luzes.No próximo domingo (21), o Atlético recebe o América na Arena da Baixada, às 18h, pela 18ª rodada.

ATLÉTICO-PR 2 X 1 CRUZEIRO

CAMPEONATO BRASILEIRO – 17ª rodada

Local:Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data:17/08/2011 (quarta-feira)
Horário:19h30
Árbitro:Felipe Gomes da Silva (RJ)
Gols:Marcinho, aos 30min, Wellington Paulista, aos 34min do primeiro tempo; Cléber Santana, aos 44min do segundo tempo

ATLÉTICO-PR
Renan Rocha; Edilson (Wagner Diniz), Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kléberson (Adaílton), Cléber Santana e Marcinho; Madson e Edigar (Fransérgio)
Técnico: Renato Gaúcho

CRUZEIRO
Fábio; Vitor, Leo, Naldo e Diego Renan; Marquinhos Paraná (Leandro Guerreiro), Fabrício, Roger (Gilberto) e Montillo; Anselmo Ramon e Wellington Paulista (Ortigoza)
Técnico: Joel Santana

Cartões amarelos:Madson e Deivid (Atlético-PR); Naldo (Cruzeiro)
Cartão vermelho:Anselmo Ramon (Cruzeiro)