Por João Pedro Alves

O elenco principal do Atlético teve um treinamento diferente na tarde desta quinta-feira (6) visando o confronto contra o Universitario (Peru) pela Copa Libertadores da América. Nada de atividade no CT do Caju, o compromisso foi um jogo-treino contra o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. E o teste para a competição continental foi positivo, com uma goleada por 4 a 0 sobre os donos da casa.

(Foto: Divulgação/Atlético)

Testado por Portugal, zagueiro Léo Pereira deixou sua marca em jogo-treino (Foto: Divulgação/Atlético)

Apesar de essa ser uma boa oportunidade para o técnico Miguel Ángel Portugal observar o atacante Adriano em ação por mais tempo em uma situação de jogo, ele não atuou. A surpresa aconteceu porque o Imperador foi poupado pela comissão técnica, assim como o zagueiro Manoel.

Com essas duas baixas, o treinador espanhol escalou o Furacão com Weverton; Sueliton, Dráusio, Léo Pereira e Natanael; Deivid, Paulinho Dias e Matías Mirabaje; Douglas Coutinho, Ederson e Mosquito. Com essa formação, os rubro-negros marcaram os dois primeiros gols na etapa inicial com Léo Pereira, aos 33 minutos, e Mosquito, aos 42.

Durante a partida, Portugal fez testes e ainda mandou a campo Carlos César, Tárik, Lucas Olaza, Fran Mérida, João Paulo, Felipe e Bruno Mendes. Após as mudanças, o Atlético ainda marcou mais duas vezes na segunda etapa com Bruno Mendes, aos 30 minutos, e Fran Mérida, aos 35 minutos, para fechar o marcador.

Após a vitória na “Ilha da Magia”, a delegação rubro-negra volta a treinar normalmente nesta sexta-feira (7) no CT do Caju. O próximo compromisso oficial está marcado para a próxima quinta-feira (13), quando vai a Lima, no Peru, para enfrentar o Universitario pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O Atlético é o terceiro colocado do Grupo 1 com três pontos, enquanto os peruanos são os lanternas ainda sem pontuar.