O goleiro Márcio foi a grande surpresa na escalação do Atlético para o jogo de hoje, contra o Grêmio, na Arena da Baixada. Ele desbancou Renan Rocha, até então titular da meta rubro-negra e que ficou no banco de reservas. O técnico Adilson Batista escondeu da imprensa que escalaria Márcio, que estreou hoje com a camisa rubro-negra.

E logo em sua primeira partida pelo Furacão, o goleiro não deu sorte. Aos 12 minutos do primeiro tempo, Rafael Santos recuou uma bola para o camisa 1, mas bateu forte demais e acabou marcando um gol contra. Márcio não teve culpa no lance, pois não tinha condições de defender o chute forte de Rafael Santos, que acabou dando a vitória ao Grêmio pelo placar de 1 a 0.

Na saída de campo, o goleiro culpou uma falha de comunicação pelo gol contra de Rafael Santos. “Faltou comunicação, o recuo acabou sendo muito forte, e até me incluo nessa falha de comunicação. Achei que ele ia deixar para mim, mas ele achou que eu estava posicionado e acabou acontecendo o gol. Temos que corrigir isso o quanto antes, essas falhas não podem acontecer”, disse o novo camisa 1 atleticano.