Por Esporte Banda B
Lateral estreou em casa. (Divulgação/ Atlético)

Lateral estreou em casa. (Divulgação/ Atlético)

Diante do Botafogo, o lateral-esquerdo Nicolas fez seu terceiro jogo com a camisa do Atlético, mas foi a sua primeira vez atuando em casa. E logo em seu jogo de estreia ao lado do torcedor, o jogador foi responsável pela assistência para o gol único da partida, que valeu a vitória ao Furacão.

Em cobrança de escanteio pelo lado direito, Nicolas levantou a bola na área e viu Hernani aparecer no primeiro pau para desviar de cabeça e colocar na rede. Passe e vitória importantes para o lateral. “Esperava estrear bem e o passe é consequência do trabalho. A bola parada é um dos meus pontos fortes e fui feliz no lance. Estava confiante que tudo sairia bem e as coisas funcionaram durante o jogo. Ter deixado o campo com a vitória foi ainda mais importante”, comentou o jogador.

Para o lateral atleticano, a partida marcou sua estreia ao lado da torcida, já que nas duas partidas em que havia entrado anteriormente o Furacão jogava fora de casa. “Jogar em casa é diferente. O apoio do torcedor e de todos que torcem por você ajuda muito”, disse Nicolas. “Eu estava bem focado e confiante para o jogo. Esperava por esta oportunidade e sabia que as coisas tinham tudo para dar certo”, afirmou.

Campeão nas categorias de base do Atlético, Nicolas agora vive um momento de entrada na equipe principal, ganhando espaço no time. “Recebemos muita confiança, desde a formação, e isso se reflete em campo. O Paulo (Autuori, técnico) também nos ajuda muito, para estarmos prontos quando a oportunidade aparecer”, destacou Nicolas.

O treinador elogiou bastante a atuação do lateral contra o Botafogo e alertou, em tom de brincadeira, o titular da posição. “O Nicolas já é uma certeza, jogador muito maduro pela idade que tem, centrado, com qualidade, Sidcley é que tem que abrir o olho”, comentou Paulo Autuori.

Respeitando o companheiro, Nicolas foca no trabalho para seguir agradando o comandante rubro-negro. “Respeito muito o Sidcley e a qualidade dele. Tudo tem seu tempo e tenho trabalhado para dar conta do recado quando for preciso”, ressaltou o lateral atleticano.