Por João Pedro Alves

O Atlético encerrou na manhã desta quarta-feira (19) no CT do Caju os preparativos para a partida contra o Universitario, do Peru, pela Copa Libertadores da América. O que não acabou foi a dúvida de qual será o time que começa jogando às 17h30 desta quinta-feira na Vila Capanema. O técnico Miguel Ángel Portugal pode repetir a escalação que atuou na última rodada, mas a confirmação ainda não foi feita pelo espanhol e mudanças não estão descartadas.

(Foto: Divulgação/Atlético)

Portugal quer repetição, mas mudanças podem acontecer no Furacão (Foto: Divulgação/Atlético)

Daquele Atlético que venceu “La U” por 1 a 0 em Lima na semana passada, nenhum titular é problema para esse reencontro com os peruanos e isso permite uma continuidade do time. É o que o comandante diz querer fazer. “Devemos utilizar uma escalação similar. Não temos que trocar nada, até porque fizemos uma boa partida em Lima”, analisou.

Mesmo assim, o setor de meio-campo rubro-negro pode sofrer alterações dependendo de que aspecto da equipe Miguel Portugal quer fortalecer. Na contenção, por exemplo existe a possibilidade de Deivid deixar a titularidade ao lado de Paulinho Dias para dar lugar a João Paulo. Outra mudança cotada é a saída do uruguaio Matías Mirabaje para a entrada do espanhol Fran Mérida na criação do Furacão.

De resto, a tendência é que o esquema 4-3-3 seja mantido pelo treinador para este jogo. Assim como o setor defensivo e o trio de ataque, que vinham sendo alterados praticamente em todo compromisso na competição.

A provável formação do Atlético neste confronto contra o Universitario tem Weverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid (João Paulo), Paulinho Dias e Matías Mirabaje (Fran Mérida); Douglas Coutinho, Bruno Mendes e Ederson.

Notícias relacionadas:

Adriano e mais três desfalcam o Atlético no duelo contra o Universitario