Na estreia do técnico Antônio Lopes, o Atlético fez uma partida desastrosa e foi goleado pelo Grêmio por 4 a 0, na tarde deste domingo, no estádio Olímpico. Todos os adversários na luta contra o rebaixamento venceram na rodada e o Furacão segue na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 18 pontos.

Atlético começa bem, mas cai de produção e Grêmio faz 2 a 0

A partida começou movimentada no estádio Olímpico. A primeira boa oportunidade foi do time da casa, aos 6 minutos: Douglas lançou Escudero, que bateu arrancando tinta da trave rubro-negra. Mas o jogo era equilibrado, o Grêmio tinha mais posse de bola, mas o Atlético estava bem postado em campo e não ficava apenas se defendendo, buscando também atacar o time gaúcho.

Aos 12 minutos, André Lima bateu da pequena área e Renan Rocha operou um verdadeiro milagre, fazendo uma grande defesa. Mas apesar do equilíbrio da partida, aos 20 minutos, em rápido contra-ataque do tricolor gaúcho, Douglas tocou para Escudero, que bateu rasteiro, sem chance para Renan Rocha: 1 a 0 Grêmio. O Atlético sentiu o gol e passou a dar muitos espaços para o adversário jogar.

O Grêmio era melhor em campo e o Atlético praticamente não chutava a gol, já que a bola não chegava para Madson e Pablo. Aos 33 minutos, Escudero tocou para André Lima, que bateu com categoria para o fundo das redes: 2 a 0 Grêmio. E aí o time da casa foi administrando a vitória parcial até o fim da etapa inicial, sem ser incomodado pelo Furacão, que já não estava mais jogando bem.

Furacão continua mal em campo e Grêmio consolida a goleada

A etapa final começou truncada, com muitas faltas e chutões para as áreas. Aos 11 minutos, Manoel foi até a linha de fundo e cruzou, Pablo cabeceou com muito perigo e a zaga gremista fez o corte. O Atlético tentava ser mais ofensivo, mas encontrava dificuldades na armação de jogadas. Mas o Grêmio balançou as redes de novo logo aos 15 minutos. Júlio César cruzou, Fransérgio afastou mal e André Lima chutou no canto direito: 3 a 0 Grêmio.

Aos 19 minutos, Marcinho soltou uma bomba e Victor fez grande defesa. Mas o Grêmio seguia amplamente superior em campo, e de forma natural, consolidou a goleada aos 20 minutos, quando Guerrón cometeu pênalti em Júlio César e André Lima converteu, marcando seu terceiro gol na partida: 4 a 0 Grêmio. O tempo passava e o Atlético seguia mal em campo, sem conseguir incomodar o goleiro Victor. E aí ficou fácil pro time gaúcho administrar a vitória até o apito final.