Time argentino vem para duelo em momento turbulento e com problemas na escalação (Divulgação/Newell’s Old Boys)

Adversário do Atlético na primeira fase da Copa Sul-Americana, o Newell’s Old Boys chega em um momento complicado para o duelo desta quinta-feira (12), na Arena da Baixada. Com uma campanha ruim no Campeonato Argentino, o time ocupa apenas a 20ª colocação e tem dois desfalques e três dúvidas para o compromisso em Curitiba.

Principal jogador do time, o meia Sarmiento sofreu uma grave lesão no duelo contra o Tigres, no último dia 31, e ficará quatro meses afastado dos gramados. Além dele, o volante Hernán Bernardello, com uma lesão no tendão, também foi vetado pelo departamento médico e está fora. Já o goleiro Pocrnjic, o zagueiro Bruno Bianchi e o atacante Leal ainda são dúvidas e serão reavaliados para saber se terão ou não condição de estarem em campo diante do Furacão.

Em entrevista coletiva, o técnico Omar de Felippe escondeu o jogo sobre a formação do time, mas garantiu que os onze titulares não deverão ter muitas mudanças para a partida na Baixada. “A equipe nós só vamos confirmar momentos antes da partida, assim como esses jogadores. Mas, seguramente, não teremos muitas variações na formação”, afirmou.

O comandante do Newell’s Old Boys também exaltou o estilo de jogo do Atlético e prevê um compromisso complicado pela classificação no torneio. “Eu imagino um jogo difícil. O Atlético tem uma equipe muito bem arrumado desde a defesa. Nós temos que ser inteligentes na partida e não dar a metade do campo para eles, pois é um time que toca muito bem a bola e pode complicar”, disse.

A equipe argentina viajou para Curitiba na manhã desta quarta-feira (11), véspera do compromisso contra o Rubro-Negro, com 20 jogadores relacionados. A provável formação conta com Pocrnjic (Ibañez); San Román, Varela, Fotanini e Evangelista; Sills e Rivero; Figueroa, Torres e Fertoli; Leal (Opazo).