Por João Pedro Alves

Depois de um início ruim, em que deixar a vice-lanterna era o único objetivo, o Atlético está perto de se garantir nas quartas de final do Campeonato Paranaense. A classificação ainda não é possível matematicamente, mas ela pode ser encaminhada a partir das 19h30 desta quinta-feira (6) na partida contra o vice-líder Maringá. Promessa de um confronto disputado pelas primeiras colocações na tabela no Ecoestádio Janguito Malucelli.

Vindo de duas vitórias consecutivas, o Furacão entra em campo esta noite com 12 pontos conquistados e dentro da zona do “torneio da morte” devido aos resultados dos jogos que abriram essa 10ª rodada. No entanto, pelo equilíbrio que está este estadual, o terceiro sucesso seguido pode levar o time sub-23 rubro-negro para dentro do G4, até à terceira colocação, e deixar uma vaga no mata-mata quase garantida.

Para buscar esses três pontos importantes diante do Maringá, que representam uma maior tranquilidade no clássico contra o Paraná na última rodada desta fase, a aposta atleticana é na manutenção daquela base que vem de duas vitórias. Até porque, como diz a velha máxima, “em time que está ganhando não se mexe”.

A intenção do técnico Dejan Petkovic era repetir a equipe pela primeira vez na temporada e mandar ao gramado o Atlético que enfrentou o J.Malucelli no final de semana. Durante os treinos de preparação, porém, o meia Zezinho acabou se lesionando, foi vetado pelo departamento médico e frustrou os planos do sérvio.

Assim, a única alteração com relação ao último jogo é a entrada do volante Juninho no meio-campo. Desta forma, o Furacão vai ao Ecoestádio formado por Rodolfo; Mário Sérgio, Ricardo Silva, Lucas Alves e Sidcley; Juninho, Otávio, Hernani e Marcos Guilherme; Nathan e Crislan.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X MARINGÁ

Local: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR).
Data: 6 de março de 2014, quinta-feira.
Horário: 19h30.

Atlético: Rodolfo; Mário Sérgio, Ricardo Silva, Lucas Alves e Sidcley; Juninho, Otávio, Hernani e Marcos Guilherme; Nathan e Crislan.
Técnico: Dejan Petkovic.

Maringá: Ney; Reginaldo, Juninho, Fabiano e Fernandinho; Zé Leandro, Serginho Paulista, Léo Maringá e Max; Cristiano e Gabriel Barcos.
Técnico: Claudemir Sturion.