Fernando Diniz negou problema tático para resultados ruins do Atlético. (Monique Vilela/Banda B)

O técnico Fernando Diniz admitiu que o Atlético se perdeu emocionalmente depois de sofrer os gols na derrota por 2 a 1 para o xará de Minas Gerais. De acordo com o treinador, o problema da equipe não é tático e ainda cobra equilíbrio para sair das situações adversas durante as partidas.

“O maior problema nosso não é o tático, que está sendo muito importante para o time. Tivemos uma boa partida, mas não concluímos em gol. Depois que levamos o empate, a equipe se perdeu emocionalmente e foi o que determinou o jogo. A gente precisa se equilibrar melhor e manter forte o que temos de melhor. Passamos a jogar mal com a posse e ficamos vulnerável defensivamente”, declarou Diniz.

Assim como nas partidas contra Palmeiras e Newell’s Old Boys, o Atlético jogou bem durante o primeiro tempo e não aproveitou as chances. E depois, foi completamente dominado pelos adversários na etapa final. Para Diniz, a hora é de corrigir os erros para se fortalecer em campo.

“Quando acontece eventos como esse, e já aconteceu contra Palmeiras e também o Newell’s, ou a equipe se fortalece ou se enfraquece. Temos que ter certa frieza para analisar os pontos positivos e negativos e crescer com esse momentos. A derrota era evitável porque tínhamos o domínio muito pleno do jogo até sofrer o primeiro gol. Temos que olhar o que estamos fazendo de certo e corrigir esses desequilíbrios quando ficamos com o placar adversos”, declarou o comandante atleticano.

Para a partida com o Atlético-MG, o treinador mexeu na escalação após a maratona de jogos e a principal novidade foi a improvisação de Thiago Carleto na defesa. Porém, o lateral voltou para a sua posição após nove minutos com a lesão de Renan Lodi. “A saída do Lodi não interferiu porque o time jogou bem no primeiro tempo e poderíamos ter feito até quatro gols durante o primeiro tempo. Tomamos dois gols muito previsíveis, trabalhamos a bola parada que era um ponto forte do time deles”, comentou o técnico.

Assista à entrevista do técnico Fernando Diniz: 

Coletiva Fernando Diniz

Posted by Portal Banda B on Sunday, May 13, 2018