Por Rodrigo Dornelles com informações de Felipe Dutra

Uma vitória impactante, para colocar o Atlético no G4 do Campeonato Brasileiro. Mas para um jogador em especial, os 3 a 0 sobre o Cruzeiro, fora de casa, tiveram gosto especial. O meia Marcos Guilherme entrou na etapa final e foi um dos destaques do time, participando de dois gols. O jogador, que vinha sendo bastante cobrado por más atuações, espera ter deixado a má fase para trás.

Confiança, para Marcos Guilherme, esse é o segredo para voltar a ter as boas atuações que levaram o atleta às seleções brasileiras de base. “Preciso de confiança, coisa que não estava tendo pelas más atuações. Hoje consegui entrar bem e espero que a partir de hoje seja um salto que eu possa retomar o bom futebol com a equipe”, projetou o meia atleticano.

Marcos Guilherme participou de dois gols. (Divulgação/ Atlético)

Marcos Guilherme participou de dois gols. (Divulgação/ Atlético)

Querendo ter na vitória sobre a Raposa um marco em suas atuações, o jogador agradece pelo carinho dos companheiros de clube durante o momento difícil que passou. “Nesse momento senti que sou querido por todos. Agradecer o Clube Atlético Paranaense que eu devo tudo a esse clube e todo carinho que eles têm por mim eu tenho o dobro, o triplo”, comentou Marcos Guilherme.

O técnico Paulo Autuori recebe elogios e agradecimentos especiais pela confiança depositada no atleta. Marcos Guilherme destaca seu crescimento com o treinador. “Ele (Autuori) tem sido o principal, vem tomando porrada de todo mundo, de fora. Mas é um cara que sempre acreditou em mim, vem conversando comigo. Hoje eu agradeci porque só tenho a crescer com ele”, afirmou o meia.

Coletivamente, o atleta rubro-negro destacou a organização da equipe par conquistar uma boa vitória fora de casa e ingressar na zona de Libertadores. “Nosso desafio era fazer um bom jogo fora de casa. Hoje conseguimos fazer um grande segundo tempo. Voltamos com mais coragem, querendo jogo, e deu no que deu”, disse Marcos Guilherme. “A organização nossa é uma coisa muito boa. O Autuori desde que chegou vem batendo nessa tecla e a gente vem crescendo a cada jogo”, avaliou.