Um ano. Este foi o curto período que o Atlético Paranaense permaneceu na Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de o acesso ter sido conquistado de forma imediata, para os torcedores e diretores do Furacão o tempo do rebaixamento parece ter sido eterno. Para tentar evitar uma nova queda, a diretoria atleticana promete reforços. Em entrevista ao Portal Globo Esporte.com, o diretor de futebol rubro-negro, João Alfredo da Costa Filho, afirmou que devem chegar pelo menos cinco jogadores “nível Série A”.

As posições dos possíveis contratados ainda dependem da avaliação do treinador, segundo o dirigente. Disse ele ao portal esportivo: “Vamos começar um planejamento, fazer uma avaliação para as contratações e sair a campo. Vamos buscar quatro ou cinco jogadores, mas o setor deles depende do técnico. Os jogadores, claro, vão ser nível Série A”.

Outra dúvida quanto ao planejamento é a permanência ou não do treinador Ricardo Drubscky. Ele quer permanecer no comando, mas a diretoria atleticana não se pronunciou sobre quem sentará no banco de reservas do Furacão na Série A do ano que vem.

Dentre os jogadores que fazem parte do elenco atleticano, Henrique e Maranhão têm contrato vencendo no final do ano. Ambos estão emprestados e enquanto o primeiro é contestado pela torcida, o segundo parece ter caído na graça dos torcedores.

Outra indefinição é quanto ao meia Paulo Baier. O jogador tem o maior salário do elenco e uma reunião hoje pode definir se ele continua ou não no Furacão.