Divulgação/Atlético Paranaense
Para Lopes, tirar o time da penúltima colocação do Brasileiro pode ser considerado um grande feito em dois meses de trabalho

Desde que começou, o Campeonato Brasileiro de 2011 não trouxe muitas alegrias ao Atlético. Das 32 rodadas já disputadas no Nacional, o Furacão experimentou o gosto de ficar fora da zona de rebaixamento apenas uma vez: na distante 17ª rodada. Na ocasião, o time só precisava de uma vitória sobre o lanterna América-MG, mas acabou cedendo o empate em casa e voltou ao Z4. Das constantes trocas de técnicos aos problemas relacionados às contratações, o ano definitivamente não foi de paz para o Rubro-negro.

Com tantas complicações, a quinta passagem do técnico Antonio Lopes pelo Atlético tem sido tranquila, mas de muita responsabilidade. Em sua chegada, o Delegado encontrou o time com 18 pontos, na penúltima colocação do campeonato. Hoje, no balanço após doze rodadas sob seu comando, o time foi derrotado cinco vezes, empatou quatro e conquistou apenas três vitórias. Números modestos, mas que não desanimam o treinador.

“Pelo menos nós encontramos o time na vice-lanterna, demos um salto e estamos em condições de sair. Houve uma evolução porque a gente já está a três pontos do Cruzeiro. Já houve uma contribuição nesse sentido”, destacou Lopes. Para o técnico, as dificuldades começaram já na sua chegada, quando o clima no elenco com a saída repentina de Renato Gaúcho não era dos melhores. “Quando cheguei, já não havia condições de contratar. É um time que você não começa a temporada do início, não formata o elenco, então tem esses problemas”, ressaltou.

Otimista, o Delegado acredita que a reviravolta do Furacão aconteça ainda nesta semana. A partida decisiva contra o Atlético-GO, na Arena, pode tirar o time da zona da degola, caso a combinação de resultados seja favorável ao Rubro-negro. “Já houve uma pequena evolução e subimos um degrau. Eu acho a gente tem condição de sair no próximo jogo, dependendo logicamente dos resultados”, finalizou Lopes.

Atlético-PR e Atlético-GO se enfrentam neste domingo (6), às 19h, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão é o 18º colocado, com 31 pontos enquanto o Dragão ocupa a 12ª posição, com 42.