João Pedro marcou dois gols na vitória atleticana. (Geraldo Bubniak /AGB)

O Atlético não teve problemas para continuar com 100% de aproveitamento na Taça Caio Júnior. Enfrentando o único algoz no estadual, o Rubro-Negro venceu o Rio Branco por 7 a 1, se aproximou da vaga para a semifinal do segundo turno e ainda aplicou a maior goleada do Campeonato Paranaense.

Os grandes nomes da vitória foram o meia João Pedro e o atacante Éderson. O primeiro marcou dois gols antes dos 20 minutos de jogo e só não continuou o bom desempenho, pois precisou ser substituído por lesão. O segundo balançou as redes pela quinta vez e assumiu a artilharia do estadual. Já na etapa final, o volante Bruno Guimarães, o zagueiro Léo Pereira, o lateral Nicolas e o meia Alex Sandro completaram a goleada.

Com o resultado, o Atlético assume a liderança provisória do Grupo B, com nove pontos, e só perde a posição em caso de goleada do Toledo sobre o Prudentópolis. Porém, o resultado foi importante para o Furacão dar um passo importante rumo a classificação para a semifinal da Taça Caio Júnior.

Atlético abre três gols de vantagem e Rio Branco desconta

Satisfeito com a atuação da equipe, o técnico Tiago Nunes repetiu a escalação do Atlético pela terceira partida consecutiva. Com bola rolando, o time rubro-negro mostrou entrosamento desde o apito inicial e precisou de apenas 10 minutos para abrir o placar.

Depois de recuo para Jhones, o árbitro marcou a falta em dois lances dentro da área. Na cobrança, João Pedro recebeu o toque e chutou no ângulo superior direito para abrir o marcador. O camisa 10 rapidamente mostrou que estava em tarde inspirada e marcou mais uma vez em chute rasteiro na saída do goleiro.

Porém, a partida acabou para João Pedro aos 33 minutos com dores na coxa. Em seu lugar, entrou Alex Sandro. E foi justamente o meia quem deu o passe para Éderson avançar com muita tranquilidade e dar um toque na saída de Jhones para marcar o terceiro. Ainda no primeiro tempo, o Rio Branco descontou em lance de sorte. Tcharlles arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa e enganou o goleiro Caio.

Furacão marca mais quatro vezes e transforma a vitória em goleada

O Atlético diminuiu o ritmo de jogo nos primeiros minutos, mas a expulsão do zagueiro Willian mudou o panorama do segundo tempo. Aos 21 minutos, Diego Ferreira cruzou rasteiro para o meio da área e Bruno Guimarães apenas completou para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do volante com a camisa atleticana.

Aos 26, Léo Pereira recebeu cruzamento na área e cabeceou por cobertura para marcar o quinto gol rubro-negro. Já aos 33, Nicolas recebeu, com muita tranquilidade, e chutou cruzado para aumentar ainda a vantagem. Nos minutos finais, deu tempo para o sétimo gol atleticano. O goleiro Jhones tentou driblar Alex Sandro dentro da área, mas o meia recuperou a bola e empurrou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 7X1 RIO BRANCO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Sábado, 10 de março de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: João Paulo Romano Queiroz (PR).
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Andrey Luiz de Freitas (PR).

Atlético: Caio; Diego Ferreira (Vitinho), Daniel, Léo Pereira e Nicolas; Deivid, Bruno Guimarães e Matheus Anjos; João Pedro (Alex Sandro), Marcinho e Éderson (Demethryus).
Técnico: Tiago Nunes.

Rio Branco: Jhones, Raul, Willian, Victor e Emerson; Kessi, Marcelo (Valdanes), Camargo e Tcharlles, Rodrigo Jesus (Thiagão) e Vandinho (Damião).
Técnico: Itamar Bernardes.

Cartões amarelos: Vandinho, Tcharlles e Victor (RIO); Deivid, Nicolas e Vitinho (CAP).
Cartão vermelho: Willian (RIO).
Gols:
João Pedro (CAP), aos 10′ e 17′ do primeiro tempo, Éderson, aos 39′ do primeiro tempo, Tcharlles (RIO), aos 40′ do primeiro tempo, Bruno Guimarães (CAP), aos 21′ do segundo tempo, Léo Pereira (CAP), aos 26′ do segundo tempo, Nicolas (CAP), aos 33′ do segundo tempo, e Alex Sandro (CAP), aos 43′ do segundo tempo.