Atlético conquistou mais um ponto no Brasileirão. (Romildo Jesus/Estadão Conteúdo)

O Atlético ficou no empate em 0 a 0 com o Bahia e segue invicto sob o comando do técnico Fernando Diniz. Porém, o Rubro-Negro só deixou a Arena Fonte Nova com um ponto graças a atuação do goleiro Santos, que assim na rodada passada com o Grêmio, salvou a equipe com grandes atuações.

Com o resultado, o Atlético volta da sequência de dois jogos fora de casa com dois empates e segue entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Furacão encara o Palmeiras, no domingo (06), às 16h, na Arena da Baixada.

O jogo

Sem contar com Thiago Heleno, poupado com dores no joelho, e Camacho, expulso na última rodada, o Atlético colocou em campo José Ivaldo na defesa para jogar ao lado de Pavez e Paulo André e Bruno Guimarães no meio-campo. Com bola rolando, o Atlético encontrou dificuldades para sair jogando e sofreu pressão do Bahia durante todo o primeiro tempo.

A primeira chance da partida foi logo aos quatro minutos com o meia Vinícius que aproveitou a sobra na entrada da área e mandou o chute próximo da trave. Aos 7, Nino Paraíba arriscou chute da intermediária e a bola foi por cima do gol. Já aos 16, nova chance do Bahia, desta vez com Éber e o goleiro Santos salvou em dois tempos.

O Bahia continuou com a pressão e quase abriu o placar aos 29 minutos. Zé Rafael recuperou a bola de Bruno Guimarães, leva a melhor sobre o marcador, mas errou na hora da finalização. O Atlético ainda teve a oportunidade no primeiro tempo com Guilherme, porém, a bola foi desviada pela defesa e saiu pela linha de fundo.

Na volta do intervalo, o Atlético teve seu melhor momento para abrir o placar. Aos seis minutos, Guilherme recebeu dentro da área e chutou rasteiro para o gol. Porém, o meia Zé Rafael estava debaixo tirou do gol. O Bahia respondeu pouco tempo depois e o goleiro Santos salvou com duas grandes defesas na sequência.

Para mudar a situação no meio-campo, Fernando Diniz colocou Jonathan e Raphael Veiga nos lugares de Lucho González e Guilherme, respectivamente. Após as mudanças, o Atlético teve um ‘respiro’ e ainda só não saiu com a vitória pois o chute de Thiago Carleto parou no travessão.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0X0 ATLÉTICO

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA).
Data: Domingo, 29 de abril de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG).

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Rodrigo Becão (Everson), Lucas Fonseca e Léo; Élton e Gregore; Zé Rafael, Vinícius (Régis) e Élber; Edigar Junio (Júnior Brumado).
Técnico: Guto Ferreira.

Atlético: Santos; Esteban Pavez, Paulo André e José Ivaldo; Matheus Rossetto, Lucho González (Jonathan), Bruno Guimarães e Thiago Carleto; Nikão, Pablo (Lucas Ribamar) e Guilherme (Raphael Veiga).
Técnico: Fernando Diniz.

Cartões amarelos: Paulo André e José Ivaldo (CAP); Zé Rafael e Elber (BAH).