Ouça o áudio

No retorno a Curitiba, o Atlético venceu o Boa Esporte, de virada, pelo placar de 2 a 1, com dois gols de Marcelo. Com a vitória desta terça-feira, o Furacão sobe para a 5ª colocação e fica a apenas um ponto de distância do G4 da Série B, tendo que secar Goiás, São Caetano e Joinville que ainda jogam nesta noite.

Apesar da partida acontecer em uma terça-feira à tarde, a torcida rubro-negra compareceu em bom número no Janguito Malucelli. O público de pouco mais de 3.800 pessoas foi o maior da história do Ecoestádio, batendo o recorde anterior de Atlético x Roma Apucarana, no Paranaense deste ano.

Atlético é surpreendido e o Boa Esporte abre 1 a 0

Logo no primeiro grande lance da partida, Petros recebeu livre dentro da área, a zaga rubro-negro vacilou, não conseguiu fazer o corte, e o camisa 10 bateu para o fundo das redes: 1 a 0 Boa. Ao abrir o placar, a equipe mineira se fechou ainda mais, dificultando a armação de jogadas do Atlético.

O tempo ia passando e o Furacão não encontrava espaços para jogar, devido à forte marcação do Boa. Após os 35 minutos, o Furacão conseguiu ser mais perigoso no ataque. Foram três boas oportunidades, duas com Elias e outra com Pedro Botelho, porém, com a equipe mineira toda fechada, o primeiro tempo terminou com derrota atleticana por 1 a 0.

Atlético vira com dois gols de Marcelo

O Atlético voltou bem para o segundo tempo, indo pra cima do Boa Esporte. Aos 6 minutos, Pedro Botelho fez grande jogada pela esquerda, cruzou rasteiro, e Marcelo, da pequena área, apenas tocou para o fundo das redes: 1 a 1. O Furacão era superior na etapa final e criava as melhores jogadas de ataque da partida.

Monique Vilela

Marcelo foi o artilheiro da tarde fria em Curitiba

O time rubro-negro tanto pressionava que a virada veio logo aos 18 minutos. Paulo Baier cobrou falta com categoria, o goleiro espalmou, e Marcelo aproveitou o rebote, da pequena área, marcando seu segundo gol no jogo: 2 a 1 Atlético. O Boa só assustou aos 25 minutos, em cobrança de falta de Radamés que obrigou Weverton a fazer grande defesa.

Depois dos 30 minutos, o Atlético diminuiu o ritmo e passou a adminstrar a vitória conquistada até então, tocando a bola com tranquilidade. Aos 36 minutos, Michel Elói cometeu dura falta em Deivid, recebeu o segundo amarelo e deixou o Boa com 10 em campo. E aí o Furacão levou a partida com segurança até o apito final, conquistando mais três importantes pontos na Série B.