Ouça o áudio

Com a estreia de Maranhão, Wellington Saci e João Paulo, o Atlético venceu o ABC por 2 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Gigante do Itiberê e se afastou da zona de rebaixamento da Série B. Essa importante vitória (a segunda consecutiva) deixou o Furacão na 9ª colocação do Campeonato Brasileiro, a seis pontos de distância do G4 da competição.

Atlético começa bem, abre o placar, mas cai de produção e sofre o empate

O Atlético se impôs desde o primeiro minuto da partida e foi com tudo pra cima do ABC. Tanto que, logo aos 4 minutos, Maranhão fez boa jogada pela direita, cruzou rasteiro para a área, e Tiago Adan tocou para o gol, abrindo o placar em Paranaguá: 1 a 0 Furacão. O Rubro-Negro estava bem em campo e dominava as ações do jogo, sem dar espaço para o adversário atacar.

Depois dos 25 minutos, no entanto, o Atlético diminuiu o ritmo e o ABC foi crescendo na partida, criando as melhores jogadas de ataque. Aos 32 minutos, após cruzamento para a área, Adriano subiu mais que a zaga rubro-negra e cabeceou para o fundo das redes de Weverton: 1 a 1, e fim de primeiro tempo com o time nordestino melhor em campo e o Furacão com o meio-campo desorganizado.

Estreante Wellington Saci garante os três pontos para o Furacão

Monique Vilela

Saci bateu o pênalti com eficiência

O Atlético voltou melhor para o segundo tempo. O ataque, no entanto, abusava de perder gols e o placar seguia empatado. Aos 26minutos, Flávio Boaventura agrediu Martin Liguera dentro da pequena área, o pênalti foi marcado e o zagueiro do ABC foi expulso de campo. O estreante Wellington Saci bateu a penalidade com categoria, no ângulo de Andrey: 2 a 1 Furacão, e fim de partida no Gigante do Itiberê.