No primeiro coletivo da semana que antecede maisum clássico Atletiba, realizado na manhã desta quinta-feira, no CT do Caju, o técnico Juan Carrasco não pode contar com o zagueiro Manoel. Com dores musculares, o jogador foi poupado da atividade, mas à princípio, não preocupa para o encontro com o Coritiba, no próximo domingo, às 16h, no Couto Pereira.

Sem a presença de Manoel, Carrasco testou o Atlético no esquema 3-5-2, ao contrário do tradicional 4-3-3 adotado em toda a temporada. O trio de zaga foi formado por Renan Foguinho, Rafael Schimitz e Bruno Costa. Liguera e Zezinho perderam espaço no meio-campo,armado comPaulo Baier e Marcinho. No ataque, Guerrón e Edigar Junio foram mantidos como titulares.

Na entrevista coletiva,após o fim do coletivo, o treinador evitou falar sobre o esquema tático que pretende usar no Atletiba, mas prometeu uma equipe ofensiva, que vai em busca do resultado positivo. “Como é um clássico, ainda estamos olhando qual é o melhor esquema tático para esse momento. Um clássico é um jogo especial, todo mundo quer jogar e nós temos que estar muito preparados e espertos. Mas vamos jogar para ganhar, respeitando o rival”, disse.

O time que treinou hoje era formado por Vinícius; Rafael Schmitz, Renan Foguinho e Bruno Costa;Gabriel Marques, Deivid,Marcinho, Paulo Baier e Héracles; Guerrón e Edigar Junio. Nesta sexta-feira, Carrasco comanda mais um trabalho no CT do Caju, provavelmente contando com o zagueiro Manoel, mas só confirma a escalação do Rubro-Negro momentos antes do início do clássico.