Por Pedro Melo 

Pablo marcou os dois da vitória atleticana. (Divulgação/Atlético)

Pablo marcou os dois da vitória atleticana. (Divulgação/Atlético)

O Atlético volta a sonhar com o G4. Mesmo sem realizar uma boa partida, o Rubro-Negro contou com a força da torcida para vencer o Internacional por 2 a 1, na Arena da Baixada, e ficou a somente quatro pontos do quarto colocado.

A equipe gaúcha saiu na frente com apenas um minuto em jogada ensaiada de lateral que Valdivia mandou de cabeça. Porém, o Furacão tinha Pablo em uma tarde inspirada e o atacante marcou os dois gols que garantiram mais três pontos.

Com o resultado, o time atleticano chega aos 36 pontos e segue com uma das melhores campanhas como mandante juntamente com o Palmeiras. Na próxima rodada, o Atlético encara o Santa Cruz, que briga contra o rebaixamento, na quarta-feira (14), às 21h, no Arruda.

Primeiro tempo termina empatado

Tudo que o Rubro-Negro não esperava era ser surpreendido logo no primeiro minuto. Em cobrança de lateral na área, Aylon desviou de cabeça e Valdivia mandou no ângulo direito para colocar o Inter na frente. Depois de sair atrás no marcador, a torcida atleticana passou a criticar o presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia.

Dentro de campo, o Colorado seguiu melhor e um lance que gerou reclamações poderia ter resultado no segundo gol. Nico López caiu dentro da área e pediu a penalidade máxima, mas o árbitro mandou seguir. Já nos minutos finais da etapa inicial, Pablo pegou o rebote de Danilo Fernandes e teve calma para chutar rasteiro no canto esquerdo e deixar tudo igual.

Furacão marca o gol da vitória

Na volta do intervalo, o Atlético conseguiu a virada com somente um minuto. Léo cruzou a bola na área, o goleiro Danilo Fernandes saiu mal do gol e Pablo aproveitou para mandar de cabeça para o fundo das redes.

Depois de sofrer a virada, o Colorado tentou um gol de empate e perdeu uma chance incrível com Nico López que mandou na trave de quase da pequena área. O Inter teve dificuldades para criar novas jogadas e a melhor chance foi quase no final em chute sem muita força novamente de Nico López que Weverton espalmou para o lado.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 2X1 INTERNACIONAL

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: 11 de setembro de 2016.
Horário: 16h.
Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf (MS).
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Cícero Alessandro de Souza (MS).
Público e renda: 14.498 presentes/12.756 pagantes/R$ 298.250,00

Atlético: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley (Nicolas); Otávio, Hernani e Matheus Rossetto (Marcão); Pablo, Yago (Lucas Fernandes) e André Lima.
Técnico: Paulo Autuori.

Internacional: Danilo Fernandes; William, Eduardo, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique (Ceará), Seijas (Vitinho) e Valdívia (Anderson); Nico López e Aylon.
Técnico: Celso Roth.

Cartão amarelo: Aylon (INT).
Gols:
 Valdivia (INT), à 1′ do primeiro tempo, e Pablo (CAP), aos 39′ do primeiro tempo, e à 1′ do primeiro tempo.