Éderson afirmou que treina finalização antes e depois dos treinos. (Monique Vilela/Banda B)

O atacante Éderson vem aproveitando a oportunidade no Campeonato Paranaense e já é o vice-artilheiro com quatro gols. O atleta de 28 anos espera que o bom momento ajude na renovação de contrato, que vai apenas até junho, e está disposto a conversar com a diretoria para adequar seu salário.

“Espero que sim [sobre continuar no Atlético]. Se for vontade do presidente e de Deus, eu ficarei. Eu me sinto bem e estou bem adaptado ao clube. Sei que é complicado pelo meu salário que é dividido entre o time do Japão e o Atlético. Ficarei muito feliz se entrarmos em acordo”, declarou o atacante.

Com os dois gols que garantiram a vitória do Atlético por 2 a 1 sobre o Prudentópolis, Éderson se tornou o principal goleador atleticano no Campeonato Paranaense. O camisa 9 afirmou que treina finalização antes e depois dos treinamentos e revelou cobrança até de sua filha. “Pressão já vem de casa. Terminou jogo no sábado e minha filha de dois anos já perguntou: “papai fez gol?”. Fico chateado em dizer que não, mas sei do meu potencial e da minha característica que é a finalização”, disse.

Trabalho bastante finalização, fico chutando sozinho após o treinamento. No aquecimento, sou o último a chutar para tentar melhorar. Sempre procuro fazer os gols para ajudar minha equipe a sair com a vitória e quero melhorar sempre. Não posso errar algumas oportunidades que errei anteriormente”, acrescentou o atacante.

Assista a entrevista do atacante Éderson:

Ederson

Posted by Portal Banda B on Wednesday, March 7, 2018