Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Paulo Autuori deu indícios da equipe que deve enfrentar o Prudentópolis. (Fábio Wosniak/Atlético)

Em meio a decisões pela Libertadores, o Atlético volta as suas atenções para a disputa do Campeonato Paranaense e mais uma vez terá uma equipe completamente reserva. O técnico Paulo Autuori confirmou a ausência do goleiro Weverton e Santos iniciará pela primeira vez como titular na temporada em jogos oficiais.

Autuori ainda revelou que deve escalar Douglas Coutinho no ataque ao lado de Crysan e Luiz Henrique. A provável escalação atleticana é Santos; Léo, José Ivaldo, Marcão e Nicolas; Luiz Otávio, Matheus Rossetto e Matheus Anjos, Crysan e Douglas Coutinho; Luis Henrique.

Coutinho deve reestrear pelo Rubro-Negro no domingo. (Divulgação/Atlético)

“Não posso dizer nada ainda. Chegamos de madrugada e vou definir isso apenas depois do treino. A princípio vai ser a equipe que tem jogado com a possibilidade do Douglas Coutinho e ainda vou conversar com a preparação física e fisologia, mas existe a possibilidade dele jogar. Não vai jogar o Weverton e vai o Santos. O Luis Henrique também vai jogar e ele está sabendo agora. Crysan também. É importante eles jogarem porque estamos em início de pré-temporada e esperamos passar da outra fase eliminatória. Então, a maratona continua”, declarou o treinador.

Com dois empates em duas rodadas disputadas, o Rubro-Negro ainda busca a primeira vitória no Paranaense. Apesar de considerar o estadual “defasado”, o comandante valoriza a competição. “O jogo é importante para nós. Temos muita coisa para fazer no Campeonato Paranaense e não tenho ficado restrito a falar de Libertadores. Isso é bom para torcedor e imprensa logicamente. A importância que demos aos estaduais é essa: primeiro falamos de Libertadores e depois dos estaduais. Os estaduais já estão defasados e como eles existem, vamos valorizar”, comentou.

O técnico vem aproveitando o estadual para dar oportunidades para os jogadores vindos na categoria de base e acredita que o elenco está evoluindo a cada partida. “Espero sempre uma evolução coletiva e individual. Cada vez que eles tiverem a chance de mostrarem, levarem minutos de futebol nas costas, vai ser muito importante. Pela precocidade que se exige as coisas, eles precisam aproveitar ao máximo disso. Estou bastante satisfeito com esses jogadores e cometemos erros como aconteceu no jogo passado. Esse é o processo que eu exijo e vou defender até a morte”, finalizou.

Atlético e Prudentópolis se enfrentam neste domingo (12), às 17h, no estádio Newton Agibert.