Conhecido por não gesticular muito na beira do gramado, durante os jogos do Atlético, o técnico Juan Carrasco admitiu que essa é a maneira com que gosta de trabalhar. De acordo com o uruguaio, os jogadores chegam aos estádio sabendo o que tem que ser feito em campo.

“Eu não falo, não grito e não gesticulo porque trabalho em campo. Os jogadores vão para o estádio sabendo o que devem fazer. Muitos jogadores não gostam de técnicos gritando no gramado. Respeito a forma de trabalhar dos outros técnicos, mas essa é a minha forma de trabalhar”, afirmou o treinador.

Dentro dessa metodologia, Carrasco diz que gosta que os jogadores também conversem entre si durante as partidas. “Dentro de campo é um ambiente familiar entre os mais experiente e os mais novos. Isso é muito bom, porque o no Atlético todos jogam sempre na mesma sintonia”, finalizou o comandante rubro-negro.