O Atlético foi eliminado da Copa do Brasil, na quarta-feira (23), após ser derrotado para o Palmeiras por 2 a 0, na Arena Barueri. O Furacão teve uma ótima atuação no primeiro tempo, mas caiu de produção no segundo e deixou o adversário marcar os gols.

“Fizemos um primeiro tempo muito bom, mas no segundo tempo, nós estávamos muito cansados e faltou atenção”, disse Carrasco, treinador Rubro-Negro, ao final da partida.

Questionado sobre a forma como o Atlético jogava no Campeonato Paranaense e como jogou neste jogo, Juan Ramón Carrasco foi direto. “Uma coisa é jogar como visitante contra o Palmeiras, que até jogamos bem no primeiro tempo, mas acabou faltando o último passe, e outra coisa é jogar um campeonato estadual”, lembrou.

O comandante do Atlético também ressaltou a falta de jogadores importantes na partida. “Temos jogadores que são muito importantes e não jogaram, como o Paulo (Baier), como o Fernandão, e acabamos também sofrendo na parte física, o Palmeiras tem um time de grande estatura”.

Sobre a saída de Guerrón, melhor jogador do Furacão no primeiro tempo, Carrasco não estendeu muito o assunto. “Guerrón não estava 100% e pediu para sair, ele não estava se sentindo bem”, finalizou.