Com as lesões de Paulinho (que passou por uma artroscopia no joelho, nesta quinta-feira, e só deve voltar a treina com bola daqui três semanas) e também de Marcelo Oliveira, o técnico Antônio Lopes pode escalar o zagueiro Bruno Costa improvisado na lateral esquerda do Atlético.

Pelo menos foi o que o treinador armou no coletivo desta sexta-feira, no CT do Caju. Além de Bruno Costa, outra novidade do time rubro-negro foi a presença de Fabrício na zaga, recuperado de uma pequena lesão muscular. A equipe que iniciou o treino de hoje era formada porRenan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício e Bruno Costa; Deivid, Renan Foguinho, Cléber Santana e Paulo Baier; Marcinho e Guerrón.

Se confirmada essa escalação, será o primeiro jogo do prata da casa Bruno Costa neste Campeonato Brasileiro. Mas ao longo da segunda metade do treino, Antônio Lopes testou Héracles na lateral esquerda e mantém essa dúvida sobre qual dos dois será titular.

Jogo de seis pontos? Lopes não pensa assim

O Furacão ainda faz mais um treinamento neste sábado, antes de viajar a Florianópolis, onde enfrenta o Avaí, no próximo domingo, a partir das 18h, na Ressacada. Para muitos, esse jogo é considerado de seis pontos, já que o Atlético é o 17º colocado e o Leão da Ilha é o 19º. Mas o técnico Antônio Lopes não encara dessa maneira e vê a partida como mais uma em que o Rubro-Negro precisa vencer.

“A gente tá precisando ganhar sempre para sair dessa situação. Eu não vou muito nessa de ‘jogo de seis pontos’. A gente tem que se preocupar em vencer o Avaí, esse tipo de pressão pode trazer malefícios para os jogadores”, analisou Antônio Lopes.