Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dutra

Autuori assumiu a responsabilidade pelos resultados e defendeu o atacante Luis Henrique (Divulgação/Atlético)

O Atlético empatou com o Toledo por zero a zero, na noite deste sábado (25), na Arena da Baixada, e segue sem nenhuma vitória no Campeonato Paranaense. Com uma atuação nada empolgante, o Furacão pouco criou e ainda perdeu a chance de consolidar o triunfo em um pênalti desperdiçado pelo atacante Luis Henrique. Depois da partida, o técnico Paulo Autuori falou em entrevista coletiva e defendeu o jogador, assumindo a responsabilidade por qualquer pressão que possa vir para cima do elenco rubro-negro no estadual.

“Ele [Luis Henrique] mudou a maneira dele cobrar, e errou. Ele que aprenda com isso. Já assumiu o erro e foi uma atitude muito boa perante o grupo. Pediu desculpas em função do resultado não ter saído por conta da cobrança. A cobrança existe, faz parte do processo, tem que entender e analisar o erro. E isso vai acontecer depois que eles voltarem do merecido descanso. É fundamental, pois precisamos aprender com os erros”, declarou Autuori em entrevista coletiva após a partida.

O treinador elogiou a atuação coletiva da equipe no empate sem gols com o Toledo e pediu cautela para conseguir a primeira vitória no estadual. “Em termos coletivos, eu vejo a equipe organizada, como falei anteriormente. Em um período do segundo tempo se perdeu um pouquinho, por conta da ansiedade. Mas, no geral, estão desenvolvendo aquilo que queremos. Com tranquilidade as coisas vão acontecer”, analisou.

Ainda sem vencer na competição, Paulo Autuori minimizou qualquer tipo de pressão para cima dos jogadores e chamou para si qualquer responsabilidade sobre os resultados no Paranaense. “Não tem pressão nenhuma. A pressão é minha. Eles têm que jogar e trabalhar coletivamente e individualmente. Eles têm a perfeita noção disso, mas não podemos deixar de analisar os erros. Hoje houve o erro em relação a cobrança, como em outros jogos. Mas em geral, mesmo estando deste lado, eu tenho a tranquilidade e a frieza de saber discernir as coisas”, disse.

O Atlético volta a campo na próxima quarta-feira (1), no clássico diante do Coritiba, às 20h, na Arena da Baixada, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paranaense.