Por Rodrigo Dornelles com informações de Felipe Dutra

Nos últimos dias, as saídas de jogadores movimentaram o Atlético. O atacante Walter, que está de mudança para o Goiás, e o meia Vinícius, que não deixa o clube, mas treina em separado, ganharam os noticiários. O diretor de futebol Paulo Carneiro também não trabalha mais no clube. O técnico Paulo Autuori afirmou que as decisões pelas saídas dos atletas foram tomadas em conjunto e garante estar habituado a situações como essas.

Como treinador, Paulo Autuori diz que já se habituou a essas saídas de jogadores em meio às competições. “Lamentamos, não só o Walter e o Vinícius, mas o Paulo Carneiro. Eu como técnico estou habituado a essas situações. Acho que a vida segue a todos os momentos, minha preocupação agora é a que foi desde que cheguei aqui, criar uma equipe competitiva, com qualidade, que possa fazer frente a os desafios que têm pela frente, nós temos muitos”, comentou o técnico atleticano.

Autuori confia na busca por reforços. (Divulgação/ Atlético)

Autuori confia na busca por reforços. (Divulgação/ Atlético)

As decisões, segundo o comandante rubro-negro, foram tomadas em conjunto e abre uma oportunidade para o elenco mostrar sua capacidade. “Existem coisas que são de foro interno. Foi uma decisão que o clube teve, essa situação em relação ao Walter já existe a algum tempo, em algum momento ele declarou vontade de sair, outro não, e a coisa acabou acontecendo, mas o Vinícius também, são situações que o clube definiu. Em todas as situações, não só nesse aspecto, tudo é construído de uma forma conjunta”, afirmou Paulo Autuori. “A gente lamenta, porque é sempre difícil começar um processo e não poder acabar. Temos que trabalhar, a equipe sempre soube superar as adversidades, e é mais uma oportunidade de mostrar que o grupo está, independente daqueles que saíram, minimamente em condições de lutar para atingir o objetivo que se propõe”, comentou.

Mesmo destacando o grupo, o técnico rubro-negro diz que também confia no trabalho da diretoria para buscar reposições para as baixas. “Certamente o clube está trabalhando com a entrada de jogadores, seria absurdo dizer que não. Vamos aguardar, com calma, confiança total em todas as ações que estão sendo feitas aqui. São situações circunstanciais, de oportunidade, o futebol hoje não tem a ver única e exclusivamente com uma vertente, são várias vertentes incluídas, e como vocês sabem, nossa visão e a minha, compartilho com o clube, é do todo, hoje temos uma visão do todo, do que queremos para o futuro em termos de continuidade. Quando perdermos jogadores estaremos logicamente tratando de trazer outros, com todas as dificuldades que o mercado nos coloca e nos condiciona”, avaliou Paulo Autuori.

Quanto à saída de Paulo Carneiro, Autuori diz que não irá assumir nenhuma função na diretoria e ainda comenta sobre os rumores em relação a possibilidade de ele deixar o Furacão. “Ontem já estavam me botando fora do clube, recebei algumas ligações, e até não sei nem como conseguem meu telefone, eu falo muito em privacidade, não abro mão disso, mas vocês, muito bem informados como são, viram alguns comentários de que eu tinha saído. Mas vou parafrasear o grande Umberto Eco, que dizia que tudo tem seu lado positivo e negativo, e a internet também. Mas a internet deu voz a imbecis, e temos muitos aí na internet. Então agradeço a tua pergunta porque demonstra que nada daquilo é real, mas não, eu sou técnico e não tem absolutamente nada quanto à isso”, garantiu o treinador.