Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dutra

Gedoz marcou dois gols diante do Deportivo Capiatá (Felipe Dalke/Banda B)

O grande nome do Atlético no empate por 3 a 3 com o Deportivo Capiatá, na noite desta quarta-feira (15), na Arena da Baixada, foi o meio-campo Felipe Gedoz. Autor de dois dos três gols rubro-negros, o camisa 10 comentou em entrevista coletiva após a partida sobre a confiança depositada pelo técnico Paulo Autuori no seu futebol. Evitando lamentar o placar, Gedoz afirma que equipe tem que tirar pontos positivos e focar no jogo de volta, na próxima quarta-feira (22), em Capiatá, no Paraguai.

Atuando mais no centro do campo, Felipe Gedoz desencantou, marcou dois gols e se colocou à disposição para atuar onde Autuori quiser. “Ele [Paulo Autuori] depositou toda a confiança em mim e sabe que eu me sinto confortável jogando pelos lados do campo. Eu estava jogando muito atrás, não estava chegando juntamento com o Grafite, onde eu deveria”, declarou. “A minha opção, onde eu me sinto confortável, é do lado do campo. Não posso falar que não, que não quero jogar. Em Libertadores eu jogo até de goleiro se for preciso”, completou.

Os dois tentos anotados diante do Deportivo Capiatá na noite de quarta-feira foram os primeiros de Gedoz no retorno ao Brasil. “Estou feliz por ter feito esses dois gols. Depois de praticamente sete anos fora [do país], poder voltar e fazer dois gols na Libertadores é uma emoção muito grande. Estou bastante feliz por voltar a marcar”, disse.

Com o empate e os três gols sofridos dentro de casa, o Rubro-Negro agora se vê obrigado a vencer a partida de volta, na próxima semana, em Capiatá, no Paraguai. Destaque do jogo de ida, Felipe Gedoz quer equipe mais atenta para o duelo decisivo contra os paraguaios.

Nós temos que entrar mais ligados do que entramos hoje. Não foi um jogo que o torcedor está acostumado a ver. Acho que nós jogadores também sabemos o que fizemos de errado, mas temos que ter o pensamento positivo de que não fomos derrotados em casa. Assim como eles fizeram três gols e botaram dificuldade na nossa equipe, nós também vamos chegar lá na quarta-feira e jogar de igual para igual em busca da vitória e da classificação”, destacou o camisa 10.

O Atlético enfrenta o Deportivo Capiatá na próxima quarta-feira (22), às 21h45, no Estádio Capiatá, no Paraguai, válido pelo jogo de volta da terceira fase da Libertadores. Antes, o Rubro-Negro tem o clássico diante do Coritiba, no domingo (19), na Arena da Baixada, pelo Campeonato Paranaense.

Confira a entrevista de Felipe Gedoz após a partida: