A audiência noTribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) entre o Atlético e o atacante uruguaio Morro Garcia terminou sem acordo entre as duas partes. Uma nova audiência foi marcada para o próximo dia 14 de novembro.

O jogador entrou com uma ação judicial pedindo a rescisão de seu contrato com o Furacão, que vai até junho de 2016, além dopagamento dos direitos de imagem desde janeiro.

O primeiro pedido, datado do último dia 19 de julho, foi negado pelo TRT-PR e o Atlético foi convocado para dar sua versão do caso. O clube rubro-negro, no entanto, não se pronuncia oficialmente sobre essa situação, e enquanto isso, Morro Garcia segue treinando no CT do Caju, sem ser aproveitado nos jogos do Furacão.