O Atlético não jogou bem, mas conseguiu os três pontos e colou mais uma vez no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols de Elias e Marcão deixaram o Furacão em 5º na classificação.

Elias abre o placar mas Atlético não joga bem

Contando com a presença massiva da torcida Rubro-Negra dentro do Janguito Malucelli, o Atlético partiu para o ataque desde o começo, pois a chance de chegar ao G4 era clara.

Logo aos 2 minutos, o lateral-direito Maranhão fez bela jogada pelo seu lado do campo, tocou para Elias, que de longe, ajeitou para a perna esquerda e bateu forte no canto de Fernando Henrique para abrir o placar e arrancar o grito da torcida.

O time adversário teve boas chances também. A principal deles foi com o atacante Mota, que após cruzamento de Apodi, o camisa 9 tocou de cabeça à queima roupa nas mãos de Weverton, que fez boa defesa.

Segundo tempo

No segundo tempo, foi o Ceará quem teve motivos para comemorar logo no começo da etapa. Após bobeira da zaga, Márcio Careca roubou a bola, invadiu a área e bateu para empatar a partida.

Mas o Furacão, 7 minutos depois, conseguiu o segundo gol para dar tranquilidade ao grupo. Marcão recebeu a bola pela direita, girou sobre o zagueiro e de trivela, soltou uma pancada no ângulo, marcando um golaço.

Após o gol, o Atlético passou a segurar o resultado, pois o time nordestino queria a todo o custo o empate dentro do Janguito Malucelli. Apesar de algumas falhas na defesa, em jogadas que acabaram levando perigo, o Atlético neutralizou e se segurou bem.

Com a vitória, o Furacão subiu para a 5ª colocação da Série B, ficando à 3 pontos do primeiro time da classificação, o São Caetano. No próximo sábado, o Atlético enfrenta o Bragantino, no interior paulista.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X CEARÁ

Local: Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba (PR).
Data: 22 de setembro de 2012, sábado.
Horário: 15h00.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva.
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Márcio Correia Dias.

Atlético: Weverton; Maranhão (Felipe), Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Willian, João Paulo, Henrique e Elias (Paulo Baier); Marcelo e Marcão (Tiago Adan).
Técnico: Ricardo Drubscky.

Ceará:Fernando Henrique; Luisão, Daniel Marques e Thiego; Apodi, Juca (Robston), João Marcos, Magno Cruz (Magno Alves) e Márcio Careca; Mota e Itamar (Robert).
Técnico: PC Gusmão.

Cartões amarelos: Juca eMota (CEA); Elias, Henrique, Marcão e Tiago Adan (CAP).
Gols: Elias (CAP), aos 2 minutos do primeiro tempo. Márcio Careca (CEA), aos 5 minutos e Marcão (CAP), aos 12 minutos do segundo tempo.