Ouça o áudio

Os resultados da rodada ajudaram o Atlético, que só depende de si mesmo para conquistar o segundo turno e vencer o Campeonato Paranaense sem final. Mas para isso acontecer, o Furacão precisava vencer o Arapongas para ficar a dois pontos do líder Coritiba, a uma semana do clássico Atletiba.

E foi o que aconteceu. De virada, o Rubro-Negro derrotou o Arapongas pelo placar de 2 a 1, na noite deste domingo, na Vila Capanema. Com este resultado, o Atlético chega a 20 pontos, se consolida na vice-liderança do returno, e pode passar o Coritiba se vencer o Atletiba do próximo domingo, no Couto Pereira.

Primeiro tempo equilibrado e empate em 1 a 1 no placar

O Arapongas surpreendeu o Atlético e foi pra cima do Rubro-Negro desde o primeiro minuto de partida. O time do interior era melhor em campo, tocando bem a bola e criando as melhores jogadas de ataque. Aos 15 minutos, Tiago Adam bateu com categoria, encobrindo o goleiro Vinícius: 1 a 0 Arapongas. Mesmo sem conseguir dominar o confronto, o Furacão foi equilibrando a partida, explorando bem os contra-ataques.

Aos 28 minutos, Edigar Junio foi derrubado dentro da área por Fabinho e o árbitro marcou a penalidade máxima. Guerrón foi para a cobrança, chutou no canto esquerdo do goleiro Vítor, que caiu para o lado errado: 1 a 1. O empate demonstrava o que era a partida em campo até o fim do primeiro tempo – um duelo equilibrado, com boas chances para ambos os times.

Furacão vira o placar e conquista mais três pontos no estadual

Logo no início do segundo tempo, o Atlético conseguiu virar o placar. Aos sete minutos, Liguera cobrou escanteio e Bruno Costa cabeceou no canto esquerdo do goleiro Vítor: 2 a 1. O tempo ia passando e a partida seguida disputada e movimentada na Vila Capanema. O Furacão era mais presente no ataquee criavas boas oportunidades, mas o Arapongas saía em rápidos contra-ataques e também era perigoso lá na frente. Mas no fim, o placar ficou no 2 a 1 para o time da casa.