O Atlético que enfrenta o Palmeiras na próxima quarta-feira (07) terá o retorno do lateral-direito Edílson, que ficou fora do time por duas rodadas. Contra o Galo Mineiro, o jogador estava suspenso e, na última rodada,diante do Grêmio, questões contratuais impediram Edílson de entrar em campo.

No departamento médico, o Furacão ainda tem o atacante Morro García, além dos meias Paulo Baier e Branquinho, que se recupera de uma pubalgia. O jogador passou por uma cirurgia e agora inicia o tratamento de fisioterapia. “O atleta já está realizando trabalhos de fisioterapia e a previsão é de dois meses sem contato com bola”, esclareceu o médico Diego Maziel.

Após voltar ao DM sem ao menos ter iniciado os trabalhos com bola, Paulo Baier já está na reta final da recuperação. “Ele está na fisioterapia e deve ficar mais essa semana tratando. Na sequência inicia o processo de transição e, se ele não tiver queixas, volta a trabalhar com o grupo”, contou Maziel.

Morro García deve ficar de quatro a seis semanas aos cuidados da equipe médica. “Isso é para o atleta ficar tratando para cicatrizar uma lesão que ele já tinha e voltou a sentir. O jogador fica parado nesse período para que se recupere e depois volte a jogar normalmente”, explicou. O atacante Nieto está na fase de transição, recuperando o condicionamento físico.