Por Pedro Melo

Felipe Gedoz será um dos desfalques do Atlético para próximo jogo da Libertadores. (Divulgação/Atlético)

O técnico Paulo Autuori terá que ‘quebrar a cabeça’ para montar o ataque do Atlético para enfrentar o Flamengo, no próximo dia 12 de abril, na Libertadores. Durante a vitória sobre o San Lorenzo, os atacantes Felipe Gedoz e Pablo receberam o terceiro cartão amarelo e serão desfalques certo para o jogo no Rio de Janeiro.

Sem Gedoz e Pablo, Autuori comemora a pausa de 28 dias na Libertadores para aguardar o retorno de Carlos Alberto, que sofreu lesão na semana passada, e também o aprimoramento físico do atacante Grafite. Eduardo da Silva ainda não tem data para estrear, mas pode ser uma opção para a posição.

Durante a pausa da Libertadores, o time titular do Rubro-Negro entrará três vezes em campo pelo Campeonato Paranaense: JMalucelli, em 22 de março, e Paraná, no dia 29, além do jogo de ida das quartas de final, caso conquiste a classificação.

O Atlético divide a liderança do grupo 4 da Libertadores com a Universidad Católica, do Chile, mas leva desvantagem por ter marcado um gol a menos que o adversário jogando fora de casa.