Por Rodrigo Dornelles

Uma série de “decisões” começa para o Atlético nesta quarta-feira (3). Serão pedreiras pela frente para o Furacão no mês de agosto. A equipe, atualmente em sétimo lugar no Brasileirão, encara cinco dos seis primeiros da competição em sequência pelo próprio campeonato e pela Copa do Brasil.

Nesta quarta, diante do Corinthians, na Arena da Baixada, o time de Paulo Autuori começa uma sequência de quatro jogos consecutivos encarando confrontos diretos pelo Brasileirão. Depois do líder Timão, o Rubro-negro encara o Flamengo, atual quinto colocado, fora de casa, encerrando o turno, sábado (6).

Furacão tem pedreiras pela frente em agosto. (Divulgação/ Atlético)

Furacão tem pedreiras pela frente em agosto. (Divulgação/ Atlético)

Ao iniciar o segundo turno, o Furacão segue com adversários complicados pela frente. Na primeira partida do returno, o Rubro-negro recebe o Palmeiras, no dia 14, e em seguida sai para visitar seu xará mineiro, atual sexto colocado, no Independência, dia 21.

Se não bastasse a dura sequência pelo Campeonato Brasileiro, com confrontos diretos, o Atlético ainda tem a disputa das oitavas de final da Copa do Brasil. Com o sorteio realizado na manhã dessa terça-feira (2), outra pedreira caiu no caminho do Furacão. O Grêmio, atual quarto colocado no Brasileirão, é o adversário. A primeira partida do confronto acontece no dia 24 ou 31 de agosto, na Baixada.

Com uma série duríssima pela frente, o mês de agosto se apresenta ao Atlético como um possível definidor das pretensões rubro-negras na temporada. Bons resultados neste mês podem colocar o Furacão definitivamente na briga pelas primeiras posições no Brasileirão, além de definir o destino da equipe na Copa do Brasil.