Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Grafite deve ser o primeiro reforço do Atlético para 2017. (Divulgação/Santa Cruz)

Grafite deve ser o primeiro reforço do Atlético para 2017. (Divulgação/Santa Cruz)

A temporada de 2017 será cheia para o Atlético com a disputa do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil, Brasileirão e, principalmente, Libertadores. Para isso, a diretoria atleticana já vem trabalhando nos bastidores e está muito próximo de confirmar a contratação do atacante Grafite, um dos artilheiros da temporada.

Em entrevista à Banda B, o presidente Luiz Sallim Emed declarou que ainda faltam alguns detalhes na negociação e só vai anunciar a chegada do experiente atacante após a assinatura do contrato. “A conversa evoluiu bastante com o Grafite, ainda falta alguns detalhes e só vamos anunciar quando de fato acontecer. A gente pode dizer que está bem avançado e estamos torcendo muito para que tudo dê certo”, comentou.

Durante 2016, Grafite marcou 24 gols e foi o vice-artilheiro em todo o Brasil, um a menos que Robinho, do Atlético-MG. O jogador foi campeão da Copa do Nordeste e apesar do rebaixamento, foi o principal jogador do Santa Cruz durante o Brasileirão.

Marcelo Cirino tem contrato com o Atlético até 2019. (Divulgação/Flamengo)

Marcelo Cirino tem contrato com o Atlético até 2019. (Divulgação/Flamengo)

Outro jogador que vem sendo sondado para reforçar o Rubro-Negro é o atacante Marcelo Cirino, que jogou no clube entre os anos de 2009 e 2014. Entretanto, Sallim Emed negou qualquer negociação com o jogador no momento. “Não tem nenhuma negociação efetiva no momento. Deve ser um balão de ensaio em referência ao Marcelo, mas ainda não tem nenhuma coisa positiva”, disse.

Marcelo Cirino teve metade dos direitos econômicos vendidos ao grupo Doyen Sports e foi empresado ao Flamengo até o final de 2017.  Caso ele não seja negociado até o fim do ano que vem, o atacante retornará ao clube atleticano para cumprir o restante do vínculo que vai até o final de 2019.