Divulgação/Atlético Paranaense
Implacável no meio campo, Deivid, que estava pendurado há algumas rodadas, levou o terceiro amarelo enão enfrenta a Raposa

Elogiado pelo técnico Antônio Lopes após a importante vitória sobre o São Paulo, na Arena da Baixada, o meio campo do Furacão terá desfalques para a partida decisiva contra o Cruzeiro. O volante Deivid, destaque do jogo ao lado de Marcelo Oliveira, levou o terceiro amarelo e não joga contra o time mineiro, mesma situação do atacante Nieto.

Oliveira teve sua apresentação destacada pelo treinador. Firme na marcação, o jogador também apoiou o ataque do Furacão, no que foi uma das suas apresentações mais completas com a camisa rubro-negra. “Acredito que foi a melhor [atuação], as coisas deram certo pra mim. Fico feliz pelo que o grupo apresentou, o mérito é do grupo inteiro”, disse o jogador, após a partida.

Sem a possibilidade de repetir a escalação que venceu o São Paulo, o grupo poderá contar com as voltas de Wagner Diniz e Cleber Santana, que não enfrentaram o Tricolor devido a uma cláusula de contrato, já que pertencem ao clube paulista.

Mesmo desgastado, Marcelo Oliveira garante que a vitória renova os ânimos na preparação para o jogo da vida do Atlético, contra o Cruzeiro. “O desgaste acontece, mas a gente tem tempo de se recuperar. Então, em campo, tem que se doar mesmo, sair morto de campo, mas sair com os três pontos”, finalizou o jogador.

Cruzeiro e Atlético se enfrentam neste domingo (19), às 17h, em Sete Lagoas. Adversários diretos na luta contra o rebaixamento, os dois times ostentam uma diferença de apenas um ponto: a Raposa é o primeiro time fora da ZR, com 38 pontos, seguida do Rubro-negro, 17º colocado, com 37.