O Atlético foi até o Rio de Janeiro enfrentar o 3º colocado do Campeonato Brasileiro, o Botafogo. Com um primeiro tempo ruim e uma grande melhora na etapa final, o Furacão acabou perdendo por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Engenhão.

Como os adversários na luta contra o rebaixamento também perderam na rodada, o Furacão permanece na 18ª colocação, ainda mantendo a distância de três pontos para o Cruzeiro, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Botafogo é melhor em campo e abre o placar com Antônio Carlos

O Botafogo começou melhor no jogo, pressionando o Atlético e se aproveitando das falhas defensivas do Rubro-Negro. Aos 10 minutos, Herrera soltou uma bomba e Renan Rocha fez grande defesa. Mas aos 19 minutos, o goleiro do Furacão não foi tão bem assim. Renato cruzou para a área, Antônio Carlos subiu mais que a defesa rubro-negra e se antecipou a Renan Rocha, cabeceando para o fundo das redes: 1 a 0 Botafogo.

O Atlético só finalizava a gol em poucos lances de bola parada de Paulo Baier. Aos poucos, o jogo ficou truncado e em ritmo mais lento, apesar do Botafogo ser melhor em campo. Aos 34 minutos, um lance de perigo do Furacão: Após cruzamento de Wagner Diniz pela direita, Morro García cabeceou para fora. Aos 46, Morro García perdeu um gol incrível, de frente para Jefferson, que fez a defesa, garantindo o 1 a 0 para o alvinegro ao fim do primeiro tempo

Atlético melhora no jogo, mas Loco Abreu garante a vitória alvinegra

O Atlético voltou um pouco mais aceso para o segundo tempo e quase empatou aos 8 minutos, em chute forte de Paulo Baier que Jefferson defendeu. Um minuto depois, Loco Abreu cabeceou da pequena área, Renan Rocha defendeu em cima da linha, mas a bola de fato não chegou a entrar. Aos 11, Marcelo Oliveira soltou uma bomba e a bola passou arrancando tinta da trave alvinegra. O Furacão cresceu na etapa final e já tocava a bola com mais qualidade.

Apesar da melhora do Atlético, o Botafogo continuava atacando com muito perigo em busca do segundo gol. Aos 25 minutos, Marcinho bateu cruzado e Jefferson fez grande defesa. Depois dos 30 minutos, o Furacão tomou conta do jogo e pressionou o time carioca. Mas aos 34 minutos, Manoel derrubou Felipe Menezes dentro da área e o pênalti foi marcado. Loco Abreu converteu, fechando o caixão rubro-negro: 2 a 0 Botafogo, placar final no Engenhão.