Divulgação
Antônio Lopes tenta quebrar tabu do Atlético contra o Figueirense

O Atlético tem dois bons motivos para vencer o Figueirense, neste domingo, a partir das 16h, na Arena da Baixada. Além dos três pontos serem fundamentais na luta contra o rebaixamento, o Furacão vai ter oportunidade de quebrar um tabu histórico de nunca ter vencido o time catarinense em seu estádio.

Foram quatro jogos na Arena da Baixada, com duas vitórias do Figueirense e dois empates. O Atlético marcou apenas dois gols e sofreu seis. “É claro que tem a importância de quebrar esse tabu, mas a gente precisa vencer de qualquer jeito. Jogando em casa, diante da nossa torcida, nós temos o dever de ganhar, até para sair dessa situação incômoda”, resumiu o volante Deivid.

Para sair da zona de rebaixamento, o Atlético precisa vencer o Figueirense e torcer por tropeços do Bahia, que recebe o Fluminense, e do Atlético-MG, que joga com o Atlético-GO.

Confrontos entre Atlético e Figueirense na Arena da Baixada

Atlético 1 x 2 Figueirense – 2003
Atlético 0 x 3 Figueirense – 2004
Atlético 1 x 1 Figueirense – 2007
Atlético 0 x 0 Figueirense – 2008

Mudança na arbitragem

A CBF foi obrigada a mudar o árbitro da partida entre Atlético e Figueirense. É porque Leandro Pedro Vuaden, inicialmente sorteado para esse jogo, foi reprovado nos testes físicos da entidade e teve que ser substituído por Fabrício Neves Correa, do Rio Grande do Sul. Os auxiliares Alessandro Rocha de Matos (BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES) foram mantidos pela CBF.