Após a quinta derrota, o Furacão perdeu o técnico Adílson Batista que pediu demissão do comando rubro-negro e também não terá o volante Deivid para o próximo desafio no Brasileirão. O jogador levou o terceiro amarelo e cumpre suspensão automática na sétima rodada.

Justificativas

Na saída de campo, o volante Kléberson eximiu a alta cúpula atleticana e o treinador Adílson Batista de culpa quanto à má fase do Furacão. “Não é culpa da diretoria, do Adilson, de ninguém. Nós temos que continuar o nosso trabalho e melhorar dentro de campo”, disse Kleberson, que esteve em campo na derrota do time para o Palmeiras, no último dia 4.

O Atlético enfrenta o Fluminense na próxima quinta (30), às 21h, no Engenhão.