Por Rodrigo Dornelles

Domingo, 14 de agosto de 2016, cai o último mandante invicto do Campeonato Brasileiro. O Atlético não resistiu ao líder Palmeiras na Arena da Baixada e foi derrotado em casa pela primeira vez nesta competição. O gol do Porco foi marcado por Vitor Hugo, no finalzinho da primeira etapa.

O primeiro tempo foi morno e sem grandes oportunidades para os dois lados na Baixada. No finalzinho, no entanto, um escanteio pela direita encontrou a cabeça de Vitor Hugo, que fuzilou para as redes. Na etapa final, o jogo esquentou e o Furacão buscou o empate, mas as tentativas mais perigosas, de Hernani e André Lima, pararam na linha de fundo ou na grande defesa do goleiro Jaílson em cabeçada do centroavante.

Furacão foi derrotado em casa pela primeira vez. (Divulgação/ Atlético)

Furacão foi derrotado em casa pela primeira vez. (Divulgação/ Atlético)

Derrotado pela primeira dentro de casa no Brasileirão, o Rubro-negro segue com 30 pontos conquistados, na sétima posição. Na próxima rodada, a equipe encara o Atlético-MG, fora de casa, domingo (21), às 11h. Já o Palmeiras mantém a liderança do Brasileiro, com 39 pontos, e encara a Ponte Preta, em casa, na próxima rodada, em jogo às 16h também de domingo (21).

Na bola aérea, Palmeiras abre no final

Um primeiro tempo morno na Arena da Baixada. Nada de grandes jogadas ou oportunidades de gols para Atlético e Palmeiras. Uma partida bastante equilibrada e com goleiros pouco sendo acionados. Pelo alto, as equipes tentavam levar algum perigo para as defesas.

Já ensaiando algumas tentativas por cima, o Porco conseguiu sair na frente já no finalzinho da primeira etapa. Quando tudo caminhava para um empate sem gols no primeiro tempo, um escanteio pela direita encontrou a cabeça de Vitor Hugo, que fuzilou para as redes, sem chances para Santos.

Furacão não consegue a igualdade e perde a primeira em casa

Logo nos primeiros minutos de segundo tempo o Palmeiras já teve uma chance incrível para ampliar o marcador. Em jogada individual pela esquerda Moisés rolou para Roger Guedes perder o gol sem marcação e com Santos batido. A resposta atleticana veio em duas tentativas de longe de Hernani. Em uma delas, a bola passou à direita, muito perto do gol de Jaílson. Pelo alto, André Lima meteu a cabeça na bola e o goleiro palmeirense operou um milagre para evitar o empate rubro-negro.

A metade final de segundo tempo na Arena da Baixada ainda teve duas boas chances de gol, uma para cada lado. O Palmeiras chegou em jogada pela esquerda e toque para o gol no contrapé de Santos, mas a bola foi ao lado da trave atleticana. Já o Furacão teve ótima oportunidade com Marcos Guilherme sendo lançado pela direita, ele chegou na área de frente para o goleiro e na saída de Jaílson tocou para o lado buscando André Lima, mas o toque foi atrás e o atacante passou da bola.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 0x1 PALMEIRAS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba.
Data: 14 de agosto de 2016.
Horário: 18h30.

Atlético: Santos; Léo (Rossetto), Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Hernani, Yago (Marcos Guilherme), Luciano Cabral (André Lima) e Lucas Fernandes; Walter.
Técnico: Paulo Autuori.

Palmeiras: Jaílson; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Dudu (Rafael Marques), Erik (Fabrício) e Roger Guedes (Cleiton Xavier).
Técnico: Cuca.

Cartões amarelos: Léo, Otávio e Hernani (CAP). Thiago Martins, Cleiton Xavier e Erik (PAL).
Gols: Vitor Hugo aos 44′ do primeiro tempo (PAL).