O Atlético não vive um bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro. É o 14º colocado, com apenas oito pontos em sete rodadas, e está a um ponto do Guarani, primeiro time na zona de rebaixamento da competição.

Além disso, o Furacão não vence há quatro partidas, coincidentemente, o mesmo número de jogos em que a equipe está sem marcar gols. A última vez que o Rubro-Negro venceu, e balançou as redes adversárias, foi no dia 01 de junho, na vitória por 3 a 0 sobre o Grêmio Barueri, pela 4ª rodada do Brasileirão.

De lá pra cá, o Atlético acumula duas derrotas (2 a 0 para o CRB e 1 a 0 para o Ceará, os dois jogos fora de casa) e dois empates, ambos por 0 a 0 com Goiás e Bragantino e em casa. A falta de produtividade do ataque rubro-negro já preocupa o recém-chegado técnico Jorginho, que comandou o time em apenas uma partida.

“É uma situação que preocupa sim. Nosso time está muito fedido, porque a bola não entra de jeito nenhum. E para ficar cheiroso, voltar a marcar gols, nós temos que trabalhar muito. O futebol é feito de gols, mas não existe uma fórmula mágica para fazer a bola entrar. Nosso time precisa parar de perder tantos gols e isso só muda com muito treinamento”, disse Jorginho.