Por João Pedro Alves e Felipe Dutra

Durante toda esta quarta-feira (26), várias foram as homenagens feitas por ex-atletas ao Atlético pelo aniversário de 90 anos de fundação. Foi o caso, por exemplo, do ex-atacante e atual vereador Paulo Rink. Nesta data festiva, mais que parabenizar o clube em que virou ídolo e que abriu portas no exterior, o camisa 9 aposentado fez questão de exaltar a importância que o Furacão tem em sua vida.

“O Atlético mudou minha vida, também fora de campo. Tenho uma história muito legal e tenho muito a agradecer a esse clube que completa 90 anos de existência”, afirmou ele em entrevista à Banda B. “Não tem como não vincular meu nome ao Atlético. Parabenizo o clube, que iniciou como América e Internacional e depois virou esse Atlético Paranaense, pelos 90 anos”, emendou.

Essa identificação com o Atlético vem de duas passagens que teve pela Baixada como jogador, no início (entre 1992 e 1996) e já no fim da carreira (2006), e também como diretor logo após pendurar as chuteiras.

Para que essa importante data não passe em branco e possa ser de festa, o torcedor Paulo Rink se junta ao restante da nação rubro-negra também espera uma vitória do Atlético esta noite contra o Vélez Sarsfield. Além de coroar a comemoração com os três pontos, o resultado positivo dá ao aniversariante a liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores e o aproxima das oitavas de final.

“Nada melhor que esse adversário para comemorar. É um adversário dificílimo, tem que ser respeitado, mas nunca temido. O Atlético não pode ter medo de ninguém. É um passo difícil, mas tenho que certeza que pode assumir o topo da tabela”, apostou.

O jogo contra os argentinos do Vélez, co-líder da chave, está marcado para as 22h na Vila Capanema, em Curitiba.