Ouça os gols da vitória rubro-negra na narração de Marcelo Ortiz:

Novidade na escalação, o atacante Pablo marcou o primeiro gol da vitória atleticana. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

Empurrado por mais de 24 mil torcedores na Arena da Baixada, o Atlético venceu o São Paulo por 2 a 1 e abriu vantagem no confronto da quarta fase da Copa do Brasil. A vitória ainda aumentou o tabu atleticano que nunca perdeu para o rival jogando em seu estádio.

Com o resultado, o Atlético joga pelo empate na partida de volta para avançar às oitavas de final. Qualquer vitória do São Paulo por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. O jogo acontece no dia 12 de abril, às 19h15, no estádio do Morumbi.

Atlético sai na frente ainda no primeiro tempo

O técnico Fernando Diniz surpreendeu na escalação com as entradas de Lucho González no meio-campo e Pablo no ataque. Outra novidade foi a manutenção de Esteban Pavez na defesa para formar o trio de defesa com Thiago Heleno e Paulo André. As mudanças deixaram Wanderson, Matheus Rossetto e Bergson no banco de reservas.

Durante o primeiro tempo, o Atlético teve a posse de bola por mais tempo, mas pecou na hora do último passe. Aos 17 minutos, Lucho González tabelou com Guilherme e apareceu livre dentro da área. Porém, o argentino cruzou errado e a bola ficou nas mãos do goleiro Sidão.

Já aos 23, o Rubro-Negro mostrou força em jogada de contra-ataque para abrir o marcador. Rodrigo Caio falhou na tentativa de cortar a bola e deixou Pablo na cara do gol. O atacante até tentou o cruzamento para Thiago Carleto, mas a bola bateu na defesa e voltou em seus pés. Na segunda tentativa, ele chutou com força e mandou para o fundo das redes.

Um gol para cada lado e Atlético segura a vitória

Na volta do intervalo, Diniz colocou Camacho na vaga de Jonathan e improvisou Raphael Veiga na ala direita. E foi justamente em sua nova posição que o meia quase ampliou a vantagem. O chute vindo da ponta direita foi na rede pelo lado de fora.

Com dificuldades para passar pela defesa, o Atlético só aumentou o placar em jogada de bola parada. Aos 15 minutos,  Thiago Carleto cobrou escanteio na segunda trave, a bola bateu na defesa e o zagueiro Paulo André completou para o fundo das redes.

Não deu nem tempo do Atlético comemorar o segundo gol e o São Paulo descontou o placar. Reinaldo cruzou rasteiro para o meio da área, Tréllez se antecipou à Paulo André e marcou o gol. No restante da partida, o time paulista pressionou em busca do empate, mas o time atleticano mostrou o seu poderio defensivo e segurou o resultado positivo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 2X1 SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Quarta-feira, 04 de abril de 2018.
Horário: 21h45.
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Ailton Farias da Silva (CE).
Público e renda: 24.545 presentes/R$ 654.115,00

Atlético: Santos; Paulo André (José Ivaldo), Esteban Pavez e Thiago Heleno; Jonathan (Camacho), Raphael Veiga, Lucho González (Wanderson) e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz.

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Reinaldo; Petros (Régis), Jucilei e Lizieiro (Hudson); Nenê, Marcos Guilherme (Cueva) e Tréllez.
Técnico: Diego Aguirre.

Cartões amarelos: Reinaldo, Rodrigo Caio e Éder Militão (SPO).
Gols:
Pablo (CAP), aos 23′ do primeiro tempo, Paulo André (CAP), aos 15′ do segundo tempo, e Tréllez (SPO), aos 18′ do segundo tempo.