Por Rodrigo Dornelles
Furacão perdeu em Cariacica. (Divulgação/ Atlético)

Furacão perdeu em Cariacica. (Divulgação/ Atlético)

O Atlético não fez um bom jogo em Cariacica, no Espírito Santos, e acabou derrotado pelo Flamengo no Estádio Kléber Andrade. O Furacão foi pressionado na etapa final e perdeu por 1 a 0, desperdiçando a chance de entrar no G4 do Campeonato Brasileiro antes de virar o turno.

A etapa inicial de jogo foi equilibrada e com poucas chances para as equipes. O Furacão chegou a acertar a trave do Fla em chute de longe do atacante Walter. Mas na etapa final o time carioca pressionou e fez seu gol que garantiu a vitória com Mancuello, marcando de letra.

Derrotado, o Atlético segue em sétimo lugar e perde a chance de entrar no G4 do Brasileirão. A próxima partida do Furacão é contra o Palmeiras, na Arena da Baixada, domingo (14), pela primeira partida do returno. Já o Flamengo assume a liderança provisória do campeonato, com 34 pontos. Na próxima rodada, o Mengão encara o Sport, fora de casa, sábado (13).

Bola na trave e nada de gols

Poucas chances de gol. O primeiro tempo não foi de grande emoção no estádio Kléber Andrade, em Cariacica. Atlético e Flamengo fizeram um jogo equilibrado e muito disputado no meio de campo. Logo no primeiro minuto, Fernandinho arriscou para o Fla de dentro da área e mandou por cima. De falta, Mancuello obrigou Santos a fazer ótima defesa.

Do outro lado, a melhor oportunidade atleticana na etapa inicial de jogo foi com Walter. O atacante arriscou de fora da área e acertou a trave de Alex Muralha, quase marcando um golaço. O Fla ainda teve outra boa chance com finalização de Guerrero, que desviou e quase enganou o goleiro Santos.

Fla pressiona e vence

Na etapa final, o Flamengo voltou com tudo e começou a pressionar o Furacão. Guerrero, em lançamento longo, driblou Santos duas vezes e acabou perdendo a chance de marcar. Mas o gol saiu logo depois, com cruzamento da direita para Mancuello tocar de letra para as redes. O goleiro Santos ainda precisou intervir para evitar o segundo gol flamenguista.

Em resposta, o Rubro-negro paranaense chegou com perigo em finalizações de fora da área de Luciano Cabral e Lucas Fernandes, obrigando Alex Muralha a trabalhar. Essas foram as duas únicas vezes que o Furacão levou perigo ao gol flamenguista. O time carioca controlou o restante do segundo tempo para garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1×0 ATLÉTICO

Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES).
Data: 06 de agosto de 2016.
Horário: 18h30.
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG).
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG).

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Everton; Fernandinho (Thiago Santos) e Paolo Guerrero (Felipe Vizeu).
Técnico: Zé Ricardo.

Atlético: Santos; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Marcos Guilherme (Lucas Fernandes), Vinícius (Luciano Cabral) e Pablo; Walter (André Lima).
Técnico: Paulo Autuori.

Cartões amarelos: Chiquinho e Willian Arão (FLA). Santos, Hernani, Pablo e Léo (CAP).
Gols: Mancuello aos 15′ do segundo tempo (FLA).