Por João Pedro Alves

Nesta reta final da primeira fase do Campeonato Paranaense, o Atlético precisa de uma sequência de bons resultados para terminar entre os oito primeiros que vão para o mata-mata. A começar pela partida contra o  J.Malucelli, sábado (1), no Ecoestádio Janguito Malucelli. Se depender do histórico, o torcedor rubro-negro pode se animar e esperar: o Furacão nunca perdeu no local para “caçula” da capital.

(Foto: Divulgação/Atlético)

Atlético, de Zezinho, costuma levar a melhor sobre o Jotinha (Foto: Divulgação/Atlético)

O retrospecto positivo do Atlético conta com seis jogos de invencibilidade, seja atuando com o time principal ou o sub-23, e é válido também o período em que o adversário se chamava Corinthians Paranaense.

Desde 2008, quando se enfrentaram pela primeira vez no Ecoestádio, os rubro-negros venceram quatro vezes e houve mais dois empates com o time do Barigui. No total, foram 12 gols marcados pelo Furacão e apenas quatro sofridos, para um saldo positivo de oito gols.

Se o histórico continuar favorável neste reencontro e o Atlético conquistar os três pontos, pode deixar o grupo de baixo que disputa o “torneio da morte” e entrar no G8. Uma vitória levaria os comandados de Dejan Petkovic aos 12 pontos e, dependendo de alguns resultados, colocaria a equipe colada nas primeiras colocações.

O sétimo duelo entre Atlético e J.Malucelli no Ecoestádio, válido pela 9ª rodada do Paranaense, está marcado para as 16h deste sábado de carnaval. O mando de campo é do Jotinha.

Confira o histórico entre Atlético e J.Malucelli no Ecoestádio:

24/02/2008 – J. Malucelli 1×1 Atlético – Campeonato Paranaense
19/01/2011 – Corinthians-PR 1×2 Atlético – Campeonato Paranaense
15/02/2012 – Atlético 4×0 Corinthians (PR) – Campeonato Paranaense
08/04/2012 – Corinthians (PR) 1×1 Atlético – Campeonato Paranaense
16/02/2013 – Atlético Sub-23 3×1 J. Malucelli – Campeonato Paranaense
14/04/2013 – J. Malucelli 0x1 Atlético Sub-23 – Campeonato Paranaense