Éderson marcou dois gols na goleada do Atlético. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O Atlético está na final da Taça Caio Júnior. Com ótima atuação, o Rubro-Negro fez o dever de casa na Arena da Baixada e goleou o Maringá por 5 a 0. O time atleticano agora enfrenta o Londrina, na próxima quarta-feira (28), às 20h, em busca do título do segundo turno e também da vaga na grande decisão do Campeonato Paranaense.

Uma das novidades na escalação em relação ao empate com o Toledo, Renan Lodi abriu o placar ainda no primeiro tempo. A vantagem foi ampliada por Marcinho, destaque da partida, que marcou dois gols. Já Éderson completou a goleada atleticana ao também marcar duas vezes, sendo o segundo um golaço de letra.

Atlético sai na frente no primeiro tempo

A partida começou com muito equilíbrio, mas o Atlético teve mais posse de bola. O primeiro lance de perigo foi do lado atleticano aos seis minutos de jogo. Renan Lodi cruzou na segunda trave, Éderson ajeitou para o meio da área e Marcinho acertou a trave. A resposta do Maringá veio na sequência em chute firme de Washington que o goleiro Caio salvou.

O Maringá não se intimidou com o jogo na Arena da Baixada e teve mais duas chances de sair na frente. Aos 16, Ícaro arriscou chute de longe e a bola passou perto do travessão. Já aos 18, Deivid errou na saída de jogo, Paulinho Moccelin aproveitou e fez o passe para Washington. O camisa 10 chutou da entrada da área e mandou próximo do gol.

Depois, o Atlético cresceu na partida e abriu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 38 minutos, Éderson cruzou rasteiro para o meio da área, o goleiro Ednaldo tirou a bola de Alex Sandro, mas deixou nos pés de Renan Lodi. O lateral-esquerdo apenas completou para o fundo das redes e marcou seu primeiro gol com a camisa atleticana.

Furacão deslancha no segundo tempo e marca mais quatro vezes

No segundo tempo, o Atlético foi para o ataque e precisou de apenas sete minutos para ampliar a vantagem. Marcinho recebeu no lado esquerdo do ataque, driblou o goleiro Edvaldo e mandou para o gol. O zagueiro do Maringá ainda tentou tirar, mas não impediu a bola na rede.

Aos 14, Marcinho recebeu mais uma vez de frente para o goleiro e repetiu o lance anterior para marcar o terceiro. Ele driblou Edvaldo e apenas empurrou para o fundo do gol. A situação do Maringá complicou ainda mais quando Paulinho Moccelin foi expulso por agredir Deivid.

Com um jogador a mais em campo, o Atlético não pisou no freio e marcou mais duas vezes. Primeiro, Éderson recebeu, livre de marcação, e apenas teve o trabalho de completar para as redes. O camisa 9 também marcou o quinto gol e fechou o placar com desvio de letra após cruzamento de Yago.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 5X0 MARINGÁ

Local: Arena da Baixada.
Data: Domingo, 25 de março de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Adriano Milczvski (PR).
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Wesley Waldir Marmitt (PR).
Público e renda: 7.823 presentes e R$ 167.165,00.

Atlético: Caio; Diego Ferreira, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães (Demethryus) e João Pedro (Giovanny); Alex Sandro (Yago), Marcinho e Éderson.
Técnico: Tiago Nunes.

Maringá: Ednaldo; Danilo Mohamed, Alex Fraga, Égon e Thiago Cristian; Borges (Dandan), Ícaro, Washington (Rodrigo Dantas) e Everton; Paulinho Moccelin e Bruno Batata (Kareca).
Técnico: Fernando Marchiori.

Cartões amarelos: Alex Fraga, Bruno Batata, Danilo Mohamed e Egon (MAR); João Pedro e Renan Lodi (CAP).
Cartões vermelhos: Paulinho Moccelin e Bruno Batata (MAR).
Gols: Renan Lodi (CAP), aos 38′ do primeiro tempo, Marcinho (CAP), aos 7′ e aos 14′ do segundo tempo, e Éderson (CAP), aos 25′ e 35′ do segundo tempo.