Por Pedro Melo 

Confira os gols da partida na narração de Marcelo Ortiz:

Atlético chegou aos 24 pontos na tabela de classificação. (Geraldo Bubniak/Futebolparanaense.net)

Atlético chegou aos 24 pontos na tabela de classificação. (Geraldo Bubniak/Futebolparanaense.net)

Dono de uma das melhores campanhas como mandante, o Atlético não fez desta lição de casa e ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Vitória, na Arena da Baixada. O resultado deixa o Rubro-Negro na quinta colocação, mas agora tem dois pontos de desvantagem para o G4.

Quase nos acréscimos da etapa inicial, o Furacão chegou ao primeiro gol com Pablo que aproveitou falha da defesa e tocou com categoria na saída do goleiro Caíque. Já no segundo tempo, Weverton cometeu pênalti em Kieza e na cobrança, Diego Renan deixou tudo igual.

Na próxima rodada, o time atleticano joga mais uma vez na Arena da Baixada contra o Fluminense, mas antes tem a partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil diante da Chapecoense na quinta-feira (21), às 21h.

Furacão sai na frente quase nos acréscimos

Conforme o técnico Paulo Autuori antecipou, o Rubro-Negro começou a partida com Walter jogando de armador e André Lima de centroavante. Porém, os dois não apareceram nos minutos iniciais e o jogo ficou marcado pelo nervosismo do atacante Dagoberto que foi bastante vaiado pela torcida atleticana.

Aos 37 minutos, um lance bizarro quase virou gol do Atlético. O zagueiro Ramon cobrou a falta para trás, a bola passou pelo goleiro Caíque que se recuperou a tempo e tirou quase em cima da linha. A defesa do Vitória voltou a falhar quase nos acréscimos e desta vez, Pablo não perdoou e abriu o marcador.

Vitória consegue o gol de empate

Na volta do intervalo, o Rubro-Negro baiano voltou disposto a conquistar o empate e quase conseguiu logo aos dois minutos em chute colocado do volante Marcelo que o goleiro Weverton mandou para escanteio.

O Atlético encontrou dificuldades de manter a posse de bola e o Vitória passou a dominar a partida até conseguir o gol de empate. Weverton derrubou Kieza na área, o árbitro marcou a penalidade máxima e Diego Renan converteu para deixar tudo igual.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 1X1 VITÓRIA

Local: Arena da Baixada, em Curitiba.
Data: 17 de julho de 2016.
Horário: 16h.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Assistentes: Rodrigo Henrique Correia e Luiz Cláudio Regazone (RJ).
Público e renda: 15.683 pagantes/17.591 presentes/R$ 291.890,00.

Atlético: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Yago), Walter (Marcos Guilherme) e Pablo; André Lima.
Técnico: Paulo Autuori.

Vitória: Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Ramon e Euller; Marcelo (Tiago Real), Willian Farias e Nickson (Serginho); Marinho, Kieza e Dagoberto (Vander).
Técnico: Vagner Mancini.

Cartões amarelos: Victor Ramos e Marinho (VIT); Hernani, Léo e Weverton (CAP).
Gols: Pablo (CAP), aos 45′ do primeiro tempo, e Diego Renan (VIT), aos 25′ do segundo tempo.