Novo padrão de jogo foi implementado pelo técnico Fernando Diniz. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O estilo tiki-taka do Atlético vem impressionando a todos que acompanham o futebol brasileiro e o clube não pretende abrir mão de sua nova filosofia nem em partida decisiva fora de casa. Para o técnico Fernando Diniz, o principal diferencial do time atleticano é justamente a manutenção do padrão de jogo.

“É um diferencial que o time terá ao longo do ano. Ter um padrão bem estabelecido e que vai ficando cada vez mais sedimentado com o passar dos treinamentos e dos jogos”, declarou Fernando Diniz, que espera dificuldade no confronto. “Temos um confronto muito difícil. É um time que está em ascensão com a chegada do [Diego] Aguirre. Temos que nos preparar para uma grande batalha no Morumbi”, complementou.

O zagueiro Paulo André, que retorna ao time após ser poupado na estreia do Campeonato Brasileiro, segue a mesma linha de raciocínio de Diniz e ainda quer que o Atlético aproveite os espaços que serão dados pelo adversário. “É uma decisão para nós e o objetivo é passar de fase. Para isso, temos que ter um bom desempenho, mantendo nosso estilo de jogo”, disse.

“É uma vantagem pequena, contra um adversário difícil de ser enfrentado no Morumbi. Mas eles terão que sair para o jogo e vão deixar espaços. Vamos tentar aproveitar isso”, acrescentou Paulo André.

Depois da vitória por 2 a 1 no jogo de ida, o Atlético joga pelo empate para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. “Foi importante vencer. Poderíamos ter vencido por um placar mais folgado, mas temos que nos contentar com a realidade. Temos uma vantagem mínima e temos que saber jogar lá, marcando forte e jogando dentro das nossas características”, afirmou Fernando Diniz.